quinta-feira, 17 de maio de 2018

FICHA TÉCNICA: Djalma



NOME COMPLETO: Djalma Alves Ferreira
APELIDO: Djalma
LOCAL E DATA DE NASCIMENTO: Araxá (MG), 17 de maio de 1929
POSIÇÃO EM CAMPO: Ponta Direita

LINHA DO TEMPO

1959 a 1962 - VALERIODOCE, de Itabira - MG

1962 - ATLÉTICO MINEIRO - MG
Primeiro jogo no Atlético Mineiro: 15 de abril de 1962, Atlético Mineiro 3 x 1 Seleção de João Monlevade, amistoso; último: 23 de novembro de 1962, Atlético Mineiro 12 x 2 Nacional-PC-MG, amistoso. Disputou um total de 29 jogos com a camisa do Atlético Mineiro. Marcou um gol no campeonato mineiro de 1962, Atlético Mineiro 3 x 1 Siderúrgica. Conquistou o título de campeão mineiro de 1962.

1963 - AMÉRICA-MG

1964 a 1966 - RABELLO, de Brasília - DF
Seu primeiro jogo com a camisa do Rabello foi no amistoso disputado em 26 de janeiro de 1964, no estádio Paulo Linhares, na vitória de 1 x 0 sobre o Nacional. O Rabello formou com Gaguinho, Luziné, Edilson Braga, Betão e Délio; Paulinho e Nilo; Ramiro (Djalma), Ceninho, Ely e Raimundinho (Sabarazinho).
Em 1964 foi convocado por quatro vezes para defender a Seleção do DF. Na primeira, no dia 21 de abril de 1964, na vitória de 2 x 1 sobre a Seleção de Goiás, Djalma marcou um gol. Em 1965, foi convocado mais duas vezes para defender a Seleção do DF, uma delas contra o Siderúrgica - MG, na inauguração do Estádio de Brasília (posteriormente, Pelezão), no dia 21 de abril de 1965. Djalma marcou o único gol do selecionado brasiliense na derrota de 3 x 1. Convocado, em 1966, para mais dois jogos. Em um deles, em 15 de maio de 1966, no empate de 3 x 3 com o Luziânia, Djalma marcou dois gols.
Tricampeão brasiliense no período 1964 a 1966.

Inauguração do Pelezão
1966 a 1968 - DEFELÊ, de Brasília - DF
Transferiu-se para o Defelê, onde estreou num amistoso realizado em 11 de setembro de 1966, no empate em 0 x 0 com o Pederneiras. Jogou o Defelê com Tonho, Pedrinho, Alonso Capella, Farneze e Wilson; Walter e Ely; Delson, Djalma, Alaor Capella e Bawany.
Seu último jogo com a camisa do Defelê, já com 39 anos de idade, foi em 26 de maio de 1968, no empate em 2 x 2 com o Rabello, no estádio Ciro Machado do Espírito Santo. A formação do Defelê foi esta: Zé Walter, Sir Peres, Farneze, Alaor Capella e J. Pereira; Djalma e Sabarazinho; Guairacá, Solon, Paulinho e Arnaldo.
Logo depois, a Federação Desportiva de Brasília decidiu convocar uma Seleção Permanente do DF que iria vestir a camisa do Rabello e representá-lo na Taça Brasil. Sua despedida do futebol brasiliense aconteceu em 25 de agosto de 1968, no empate em 2 x 2 com o Atlético Goianiense. O Rabello jogou com Zé Walter, Aderbal, Farneze, Alaor Capella e Wilson Godinho (Didi); João Dutra e Zé Maria; Sabará (Djalma), Paulinho, Otávio e Solon.
Sagrou-se campeão brasiliense de profissionais em 1968, atuando pelo Defelê.
No período 1967 a 1968, Djalma foi convocado mais cinco vezes para defender a Seleção do DF. A última delas aconteceu em 22 de setembro de 1968, na vitória de 1 x 0 sobre a URT, de Patos de Minas - MG.



Nenhum comentário:

Postar um comentário