quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

DUELO: BRASILIENSE x GAMA



Brasiliense e Gama farão o jogo mais esperado da quinta rodada da Fase de Classificação do Campeonato Brasiliense da Primeira Divisão de 2018, amanhã, 9 de fevereiro.
Com o declínio enfrentado pelo Brasília nos anos 2000, Brasiliense x Gama, a partir de 2001, passou a ser o maior clássico do futebol brasiliense.
De lá para cá, o duelo Brasiliense x Gama apresenta a seguinte estatística:

TOTAL DE JOGOS
45
VITÓRIAS DO BRASILIENSE
16
VITÓRIAS DO GAMA
11
EMPATES
18
GOLS A FAVOR DO BRASILIENSE
56
GOLS A FAVOR DO GAMA
42

A PRIMEIRA VEZ

A primeira vez que Brasiliense e Gama se enfrentaram foi em 18 de fevereiro de 2001, no antigo Mané Garrincha. Campeão da Segunda Divisão de 2000 (ano em que foi fundado), o Brasiliense fazia seu segundo jogo na Primeira Divisão e surpreendeu o Gama, então tetracampeão brasiliense, derrotando-o por 3 x 1. Eis a ficha técnica desse jogo:

BRASILIENSE 3 x 1 GAMA
Data: 18.02.2001
Local: Mané Garrincha, Brasília
Árbitros: Jorge Paulo Gomes e Iêdo Souza
Renda: R$ 2.314,00
Público: 1.485 pagantes
Expulsões: Sidnei (Brasiliense) e Zé Carlos, Rodriguinho e Maninho (Gama)
Gols: Alan, 31; Weldon, 46; Rodrigo Jaú, 64 e Carlos Alberto, 79
BRASILIENSE: Alex (Nei), Wellington, Alan, Zezé e Juninho Goiano (Gilson); Sidnei, Valdenir, Gustavo e Rodrigo Jaú (Otávio); Weldon e Ciro. Técnico: Joãozinho.
GAMA: Fernando, Paulo Henrique, Zé Carlos, Nen e Cacá; Deda, Kabila (Wesley), Rodriguinho e Maninho; Carlos Alberto (Munayer) e Mário Zan (Abimael). Técnico: Wanderley Paiva.

Dois meses depois, em pleno Bezerrão, no dia 18 de abril, o Brasiliense voltou a vencer o Gama, por 2 x 0.
O Gama se recuperaria dessas derrotas nos dois jogos que decidiram o campeonato de 2001. No dia 27 de maio, venceu por 3 x 2. No dia 2 de junho, pela primeira vez uma final de campeonato brasiliense foi disputada com tudo o que as grandes decisões têm direito. Estádio lotado (o Serejão recebeu mais de 34 mil torcedores), transmissão ao vivo pela Rede Globo de Televisão e muita expectativa na torcida. O Gama conquistaria seu quinto título consecutivo de campeão brasiliense ao vencer por 2 x 1. Com esses quatro duelos, tinha início a maior rivalidade do futebol brasiliense nos anos 2000.

AS MAIORES GOLEADAS

A maior goleada do Gama sobre o Brasiliense aconteceu em 23 de março de 2003, no Bezerrão, em mais uma decisão de campeonato brasiliense, quando o Gama venceu por 4 x 1. Nem a presença de Túlio Maravilha no time do Brasiliense impediu que o Gama conquistasse mais um título de campeão brasiliense, o sexto em sete anos (1997 a 2003).
Somente seis anos depois, em 7 de março de 2009, no Serejão, é que o Brasiliense conseguiu aplicar uma goleada em seu adversário. Naquele dia, o placar foi de 4 x 0 a favor do Brasiliense.

SÉRIES INVICTAS

Os dois jogos da final do Campeonato Brasiliense de 2001 foram o ponto de partida para uma série de oito jogos sem derrota do Gama. Ela só foi quebrada em 10 de abril de 2004, quando o Brasiliense venceu o Gama por 1 x 0 e conquistaria o seu primeiro título de campeão do DF (seriam seis consecutivos, de 2004 a 2009).
Exatamente nesse período de predomínio do Brasiliense é que aconteceu a mais longa série de invencibilidade entre os dois clubes. O Brasiliense ficou doze jogos consecutivos sem perder para o Gama, de 10 de abril de 2004 a 16 de fevereiro de 2008. Essa série só foi quebrada em 6 de abril de 2008, no Serejão, quando o Gama venceu por 2 x 0.

TÍTULOS

Quando entrarem em campo amanhã, Gama e Brasiliense estarão representando o maior número de títulos de campeão brasiliense: 20, sendo 11 do Gama e 9 do Brasiliense.

OS ÚLTIMOS ENCONTROS

Nos últimos três anos (2015 a 2017), Brasiliense e Gama se enfrentaram cinco vezes. Foram duas vitórias do Brasiliense, uma do Gama e dois empates.

OS LOCAIS

O palco do jogo de sexta-feira, o Mané Garrincha, já recebeu o clássico em seis oportunidades, em apenas uma delas após a reconstrução do estádio.
Os estádios que mais sediaram o clássico foram o Serejão, em Taguatinga, e o Bezerrão, no Gama. Foram 19 jogos em cada um deles.
Completando a lista de estádios que já receberam o clássico, o Abadião, com um jogo apenas.



2 comentários: