terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

PERSONAGENS & PERSONALIDADES DO FUTEBOL BRASILIENSE: Luciano Almeida


O ex-goleiro e ex-árbitro Luciano Augusto Silva Teotônio de Almeida nasceu no Rio de Janeiro (RJ), no dia 6 de fevereiro de 1959.
Como jogador, Luciano defendeu o gol do Taguatinga no período de 4 anos: 1980 a 1983.
Na maioria dos jogos na reserva de Augusto (16 jogos) e Jonas (oito), sagrou-se campeão brasiliense de 1981, tendo participado de apenas três dos 27 jogos disputados pelo Taguatinga nesse ano.
Seu primeiro jogo aconteceu em 19 de julho de 1981, no Serejão, sofrendo o único gol do jogo na derrota para o Gama. O Taguatinga atuou com Luciano, Warlan, Décio, João Carlos e Edson; Marquinhos (Emerson), Boni (Eusébio) e Péricles; Paulo Caju, Serginho e Peba. Técnico: Joaquim Cristiano Araújo Neto (Bugue).
Em 1982, atuou em um dos 21 jogos disputados pelo Taguatinga, substituindo Adriano, goleiro que foi titular em 17 desses jogos.
Em seu último ano, 1983, como goleiro do Taguatinga, participou de seis partidas. A última delas em 24 de novembro de 1983, no Serejão, na vitória de 2 x 1 sobre o Vasco da Gama-DF. Naquela ocasião, o Taguatinga formou com Luciano, Duda, Décio, Rubão e Cuca; Warlan (Jefferson), Paulo Araújo e Roque; Waldir, Zecão e Luiz Carlos (Aguinaldo). Técnico: Jorge Medina.
Não demorou para começar a atuar na arbitragem. Formou-se na Escola de Arbitragem da Federação Metropolitana de Futebol, em Brasília, na turma de 1985.
Para se tornar um dos melhores árbitros de futebol do DF e do Brasil, nos anos de 1986 e 1987, Luciano Almeida trabalhou como auxiliar ou como árbitro em todas as competições possíveis: campeonato de futebol amador adulto do DF, categorias de base (infantil e juvenil), campeonato intersindical e até futebol feminino.
Sua estreia na Primeira Divisão do Campeonato Brasiliense aconteceu em 6 de março de 1988, no Bezerrão, num clássico local (Brasília x Gama), com vitória do Brasília por 2 x 0.
Eis a participação de Luciano Almeida na arbitragem de jogos válidos pelo Campeonato Brasiliense da Primeira Divisão, de 1988 a 2004:

ANO
JOGOS
1988
10
1989
5
1990
5
1991
8
1992
10 (*)
1993
16
1994
9 (*)
1995
12
1996
17 (*)
1997
12
1998
7
1999
9
2000
5
2001
7
2002
3
2003
5
2004
1
TOTAL
141
(*) maior número de arbitragens no campeonato brasiliense desses anos.

Em 2002, foi eleito melhor árbitro do campeonato brasiliense em enquete realizada pelo jornal Correio Braziliense junto a jornalistas e radialistas esportivos.
Foi o árbitro da final do campeonato brasiliense nos anos de 1994, 1995, 1997, 1999 e 2003.
Ingressou na COBRAF - Comissão Brasileira de Arbitragem de Futebol (atual CONAF), em 1992. Neste ano, trabalhou como auxiliar em alguns jogos do Campeonato Brasileiro.
Como árbitro da CBF começou em 1993. No ano seguinte, foi incluído no quadro de aspirantes à FIFA. Sua indicação ao quadro de aspirantes da FIFA foi um trabalho da Comissão de Árbitros de Futebol do DF-CEAF, presidida pelo ex-árbitro da CBF, Édson Rezende de Oliveira. Atuou como árbitro FIFA até 2004.
De 1993 a 2004, essas foram as quantidades de jogos arbitrados por Luciano Almeida e válidos pelo Campeonato Brasileiro da Série A e pela Copa do Brasil:

ANO
CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE A
COPA DO BRASIL
TOTAL
1993
2
1
3
1994
11
1
12
1995
10
2
12
1996
9
4
13
1997
19
4
23
1998
28 (*)
3
31
1999
15
10 (*)
25
2000
18
2
20
2001
20
6
26
2002
21
1
22
2003
27 (*)
1
28
2004
19
2
21
TOTAL
199
37
236
(*) maior número de arbitragens nessas competições.

Luciano Almeida é professor de Educação Física, formado pela Faculdade Dom Bosco, e trabalhou com escolinhas de futebol para crianças no Cota Mil e Iate Clube e também atuou junto a crianças excepcionais numa entidade brasiliense.
Entre 2005 e 2007, trabalhou como comentarista de arbitragens na TV. Foi Presidente da Comissão Distrital de Arbitragem (CDAF), da Federação Brasiliense de Futebol.
Luciano Almeida arbitrou mais de 400 jogos oficiais na carreira. Além dos inúmeros jogos válidos pelas competições nacionais, foi árbitro em torneios sul-americanos, campeonato equatoriano e Eliminatórias de Copa do Mundo.
Desde a edição realizada no México em 2014, Luciano Almeida está no quadro de árbitros da AFIA, a maior entidade de futebol master do mundo, pioneira na organização de competições de futebol Internacional para atletas amadores com idade entre 35 e 70 anos.


5 comentários:

  1. Gostei das informações, alguns números não são precisos, mas estão bem próximos da realidade... Parabéns pelo trabalho... Luciano Almeida...

    ResponderExcluir
  2. Luciano sua ficha técnica diz tudo amigo. Vc mandou e manda muito bem. Sucesso.
    Abç
    Salomão.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Luciano, vc está na galeria dos melhores!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom meu amigo. Um carreira brilhante. Além uma pessoa, amigo espetacular, digno de nossa amizade. Um abração amigo, DEUS lhe abençoe e o tenho conosco por muitos e muitos anos.

    ResponderExcluir