domingo, 18 de setembro de 2022

CAMPANHAS DOS CAMPEÕES: Samambaia – Segunda Divisão - 2014



Após desistência de cinco clubes, o Campeonato Brasiliense da Segunda Divisão de 2014 contou com a participação de seis agremiações: Bandeirante, Botafogo, Cruzeiro, Guará, Paranoá e Samambaia.

O Samambaia chegou ao seu primeiro título de campeão no futebol do DF de forma invicta: foram seis jogos, com igual número de vitórias.

A campanha começou no dia 2 de agosto de 2014. O Samambaia recebeu o Cruzeiro, no Serejão, em Taguatinga, e venceu por 3 x 1. Carlyle abriu o placar para o Samambaia aos 10 minutos do primeiro tempo. Aos 24, Edicarlos ampliou o marcador. Oito minutos depois, Pedrinho descontou para o Cruzeiro. Mas aos 23 minutos da segunda etapa, Lucas Paiva fechou a fatura e confirmou a vitória do Samambaia.

 

Somente no dia 20 de agosto, após os estádios da Capital Federal estarem interditados pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, a bola voltou a rolar depois que a Federação Brasiliense de Futebol conseguiu a liberação das praças esportivas.

No estádio Bezerrão, no Gama, o Bandeirante recebeu o Samambaia. Os gols só saíram no segundo tempo. Aos três minutos, Rafael abriu o placar para o time do Núcleo Bandeirante. Contudo, o Samambaia partiu pra cima e virou o placar. Aos 36, Somália empatou e, quatro minutos depois, Allann Delon virou o placar e garantiu mais três pontos.

 

O Samambaia chegou aos nove pontos ganhos em três jogos no dia 23 de agosto de 2014, quando venceu de virada o Botafogo-DF, no Serejão.

O Botafogo saiu na frente, através de Wallace, aos 12 minutos do 1º tempo. A virada do Samambaia veio logo no início do segundo tempo, com gols de Carlyle, aos três minutos e Edicarlos, aos seis.

 

Depois de 18 anos, o Samambaia retornou à primeira divisão do futebol brasiliense. E a volta foi confirmada com uma vitória de 1 x 0 sobre o Guará, no dia 30 de agosto de 2014, no estádio Serejão.

Aos oito minutos, Cassius cruzou e Edicarlos desviou para o gol, abrindo o placar para o Samambaia.

 

No dia 3 de setembro de 2014, no estádio Serejão, em Taguatinga, o Samambaia – já classificado para a final – recebeu o Paranoá. E o time comandado por Reinaldo Gueldini venceu por 3 x 0, com Edicarlos marcando três vezes.

 

A decisão da segunda divisão do Campeonato Brasiliense, entre Samambaia e Cruzeiro, aconteceu no dia 13 de setembro, às 15h30, no estádio Serejão, em Taguatinga. O Samambaia jogava pelo empate, por ter somado quinze pontos (100% de aproveitamento) contra sete do Cruzeiro.

Apesar do melhor início do Cruzeiro quem abriu o placar foi o Samambaia. Em uma bela jogada pela direita, Edicarlos recebeu a bola dentro da área e chutou forte para o fundo das redes.

Aos 32 minutos Edicarlos partiu em velocidade para o ataque, deixando para trás dois marcadores. Ao entrar na área foi parado com um carrinho pelo zagueiro Índio. O árbitro assinalou a penalidade e expulsou o defensor do Cruzeiro. Cassius cobrou no canto oposto ao escolhido por Marlon e sacramentou o título inédito para o Samambaia.

O Samambaia formou com Rafael, Douglas, Somália, Leandro e Dudu; Lucas Paiva, Thyago Fernandes (Bruno), Willian e Allann Delon (Pedro); Cassius (Daniel) e Edicarlos. Técnico: Reinaldo Gueldini.



Nenhum comentário:

Postar um comentário