domingo, 24 de janeiro de 2016

GRANDES RESULTADOS DO FUTEBOL BRASILIENSE: Campeonato Brasileiro de 1986



O jogo era contra o vice-líder do Grupo L do Campeonato Brasileiro de 1986, a fortíssima equipe do Atlético Mineiro, em pleno estádio Mineirão, no dia 25 de janeiro de 1987.
O Atlético Mineiro vinha de vitória sobre o Internacional, em Porto Alegre; o Sobradinho havia perdido para o Criciúma no interior de Santa Catarina.

Marcou a estreia de Déo de Carvalho como treinador do Sobradinho, em substituição a Bugue, que acertou sua transferência para o Ferroviário, de Tubarão (SC).
Era a penúltima participação do Sobradinho na competição. Já eliminado da terceira fase, ocupando a lanterninha do grupo, a partida contra o Atlético Mineiro serviria principalmente como preparação para a disputa do Campeonato Brasiliense de 1987, quando o Sobradinho estaria buscando o tricampeonato.
Déo traçou o esquema tático de utilizar quatro jogadores no meio de campo, com o objetivo de congestionar esse setor, conter o ataque adversário e sair do Mineirão com pelo menos um empate, considerado por todos como um excelente resultado.
E acabou se tornando um resultado para entrar na história do futebol do DF.
Terminando o jogo com apenas nove jogadores (dois foram expulsos) e contra os constantes erros do árbitro Aloísio Viug, o Sobradinho empatou em 1 x 1 com o Atlético Mineiro. Em alguns momentos da partida chegou a pressionar o adversário. Esse resultado foi considerado a maior “zebra” do teste 841 da Loteria Esportiva!
A pressão do Atlético Mineiro foi total, mas o Sobradinho soube defender-se bem e invariavelmente ficava com a bola para contra-atacar em velocidade.
No primeiro bom ataque do Sobradinho, Régis avançou pela esquerda, passou por Batista, mas Paulo Roberto acabou mandando a bola para escanteio. Filó cobrou e Rildo cabeceou para marcar.
Aos 35 minutos, Renato disputou uma bola na área com Gerônimo, jogou-se no gramado e pediu pênalti, sendo atendido prontamente pelo árbitro. Nelinho cobrou e perdeu! A bola bateu na mão de Bocaiúva e na trave, saindo por trás do goleiro do Sobradinho.
No segundo tempo, o Atlético Mineiro voltou a campo disposto a mudar o resultado. Bocaiúva continua tendo atuação de destaque, se tornando um dos melhores jogadores do Sobradinho em campo.
Aos 18 minutos, Arnaldo disputou uma bola com João Paulo, o centroavante caiu sozinho e o árbitro marcou pênalti. Os jogadores do Sobradinho cercaram o árbitro e ele expulsou Jamil, que nem havia reclamado. Depois da confusão, Nelinho cobrou e desta vez marcou.
Aos 30 minutos, aconteceu a segunda expulsão no Sobradinho. O jogador Régis recebeu um lançamento do meio de campo, avançou em velocidade e, quando ia concluir a gol, o árbitro marcou impedimento. O jogador perguntou a Aloísio Viug o que havia acontecido e ele, sem dar maiores explicações, mandou o atacante para fora de campo.
A ficha técnica desse jogo foi a seguinte:
ATLÉTICO MINEIRO 1 x 1 SOBRADINHO
Data: 25 de janeiro de 1987
Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Aloísio Viug (RJ)
Renda: Cz$ 192.502,00
Público: 11.176 pagantes
Gols: Rildo, 28 e Nelinho (pênalti), 63
ATLÉTICO MINEIRO: Pereira, Nelinho, Batista (João Pedro), Luisinho e Paulo Roberto; Elzo (Vandinho), Everton e Zenon; Renato, João Paulo e Edivaldo. Técnico: Ilton Chaves.
SOBRADINHO: Bocaiúva, Chiquinho, Rildo, Arnaldo e Gerônimo; Zé Nilo, Michael, Filó e Wellington (Nilson); Régis e Jamil. Técnico: Déo de Carvalho.

Os gols desse jogo podem ser conferidos no link abaixo:



Nenhum comentário:

Postar um comentário