domingo, 24 de março de 2019

JOGOS INUSITADOS: Seleção da Indonésia vence Desportiva Bandeirante - 1980



A Seleção da Indonésia, que se preparava em Brasília, sob o comando dos treinadores Ceninho e Raimundinho (ambos com passagens pelo futebol do DF), para disputar uma vaga para a Copa do Mundo de 1982, disputou um jogo no dia 31 de janeiro de 1980, contra a Desportiva Bandeirante, derrotando-a por 2 x 0.
O local da partida foi o campo do Corpo de Bombeiros da Vila Planalto e os dois gols da vitória dos indonésios foram marcados por Rully Nere, que entrou no segundo tempo.
A Desportiva Bandeirante formou com Wilson, Chicão, Gilberto, Chuvisco e Déo; João Leite, Maurício e Geraldo; China (Alécio), Aloísio e Roberto (Eugênio).
A Seleção da Indonésia contou com Endang Tirtana, Christian Wakano, Nazir Salasa, Berthy Tutuarima e Didik Dharmahd; Suapri, Subangkit e Joko Irianto; Salim Al Katiri (Bambamg Narto), Bambamg Nurdiansyah (Rully Nere) e David Sulaksmono.



quinta-feira, 21 de março de 2019

A EXCURSÃO DO BRASÍLIA EM 1979


No dia 6 de fevereiro de 1979 partiu a delegação do Brasília Esporte Clube para uma excursão ao interior de Minas Gerais e São Paulo, para a realização de sete amistosos, retornando sem conhecer derrota.
Estava assim formada: Superintendente - Carlos Romeiro; Técnico - Cláudio Garcia; Preparador Físico - Luiz Carlos Ferreira; Massagista - Leleco; Roupeiro - Mário Conceição e os jogadores Jonas, Ferreti, Jonas Foca, Emerson, Odair, Paulinho, Péricles, Banana, Wilmar, Edmar, Nei, Déo, Maurício, Mário, Luís Carlos, Renê, Moreirinha, Maurinho e Zezinho Maranhão.

O primeiro jogo foi realizado no dia 7 de fevereiro de 1979, no estádio Juca Ribeiro, em Uberlândia.
Em que pese o estado pesado do gramado, já que choveu durante todo o jogo, o Brasília conseguiu um excepcional resultado, vencendo o time local do Uberlândia, por 3 x 0, principalmente se for levado em consideração que a delegação viajou a noite toda de ônibus e o dilatado placar muito difícil de ser conseguido por Cruzeiro e Atlético Mineiro quando enfrentavam o Uberlândia em seu campo.
O destaque do jogo foi Edmar, autor dos três gols do Brasília. A renda alcançou Cr$ 38.000,00, não dando prejuízo ao mandante, já que o Brasília cobrou Cr$ 30.000,00 livres de despesa por exibição.
Formou o Brasília com Jonas (Déo), Ferreti (Moreirinha), Jonas Foca, Emerson (Luís Carlos) e Odair; Paulinho, Péricles (Raimundinho) e Banana; Wilmar, Edmar e Nei (Maurinho). O Uberlândia foi derrotado com Gilmar, Maxwell, Carlos Alberto, Rubinho e Renato; Gil (Carlos Roberto), Paulinho e Marinho; Da Costa, Zezé (Luís Alberto) e Mário César.
João Boaventura foi o árbitro do jogo.

Saindo do interior de Minas Gerais, no dia 11 de fevereiro de 1979, o Brasília realizou o seu segundo amistoso interestadual, desta vez no interior de São Paulo, mais precisamente em Fernandópolis.
O técnico do Fernandópolis era Dicão, que havia treinado o Brasília, sendo dispensado para a contratação de Cláudio Garcia, que era o técnico do Brasília na excursão.
O Brasília usou de todos os meios para romper a retranca armada pelo técnico Dicão, mas seus esforços foram em vão. Resultado final: 0 x 0.
O Brasília atuou com Jonas (Maurício), Ferreti, Jonas Foca, Emerson e Odair; Paulinho (Raimundinho), Péricles e Banana; Wilmar, Edmar e Nei.

Dois dias depois, retornou ao interior de Minas Gerais, quando o Brasília deveria enfrentar a Sociedade Esportiva Guaxupé, em Guaxupé. O jogo estava marcado para ser realizado no dia 13, porém, um forte temporal fez com que o mesmo fosse transferido para o dia seguinte, 14 de fevereiro.
Com dois gols de Edmar e um de Péricles, o Brasília venceu a S. E. Guaxupé por 3 x 0, atuando com Jonas (Déo), Ferreti (Maurinho), Jonas Foca, Luís Carlos e Odair (Mário); Paulinho, Péricles e Banana (Zezinho Maranhão); Wilmar, Edmar e Nei (Raimundinho).

O quarto amistoso da excursão do Brasília foi realizado em Votuporanga (SP), no dia 16 de fevereiro de 1979, contra a A. A. Votuporanguense. Aconteceu empate em 1 x 1. Os gols foram marcados por Tuta, aos 16 minutos, e Odair, aos 25. As equipes formaram assim: Brasília: Jonas, Ferreti, Jonas Foca, Luís Carlos e Odair; Paulinho, Péricles e Banana; Wilmar, Edmar e Nei (Raimundinho). Votuporanguense: França, Paulo Roberto, Cito, Sidney e Beto; Carlinhos, João Carlos e Valdecir; Almeida, Tuta e Pardal. A renda foi de Cr$ 65.000,00.

No dia 18 de fevereiro de 1979 o Brasília conseguiu outro empate, desta vez em Araçatuba (SP), contra a equipe do mesmo nome.
Nei marcou duas vezes para o Brasília e Tonho assinalou os dois gols do Araçatuba.
O Brasília alinhou a seguinte equipe: Jonas, Ferreti (Mário), Jonas Foca, Luís Carlos e Odair; Paulinho (Maurinho), Péricles e Raimundinho; Wilmar, Banana e Nei.
Ezequiel Barbosa foi o árbitro da partida, que rendeu Cr$ 52.000,00.

O sexto e penúltimo jogo da excursão do Brasília foi novamente no interior de Minas Gerais e apresentou a seguinte ficha técnica:
Uberaba 1 x 1 Brasília
Data: 20.02.1979
Local: Uberabão, Uberaba (MG)
Árbitro: Francisco Leandro da Rocha
Renda: Cr$ 40.000,00
Gols: Jair, 13 e Nei, 30
Uberaba: Diron, Chiquinho, Machado, Tim e Carmelito; Dario, Dilson e Jair; Hilton, João Roberto e Luís Carlos.
Brasília: Jonas, Luisinho, Jonas Foca, Luís Carlos e Odair (Mário); Paulinho, Péricles e Raimundinho; Zezinho Maranhão, Banana e Nei.
Obs.: Emerson, machucado, retornou a Brasília.

Três dias depois, 23 de fevereiro de 1979, em Araguari (MG), aconteceu o último jogo da excursão do Brasília. Jogando contra o Araguari Atlético Clube, empatou em 2 x 2.
Por volta dos trinta minutos do 2º tempo, o árbitro suspendeu o jogo por falta de garantias, já que a torcida local passou a atirar pedras no campo de jogo.
Com mais esse empate, o Brasília encerrou sua excursão por gramados do interior de Minas Gerais e São Paulo de forma invicta. Foram duas vitórias e quatro empates, marcando 12 gols e sofrendo a metade.



terça-feira, 19 de março de 2019

A FRACA PARTICIPAÇÃO DA SELEÇÃO DO DF NO I CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL JUVENIL - 1978



Em 20 de novembro de 1978 aconteceu a convocação dos 36 jogadores da Seleção do Distrito Federal que participariam do I Campeonato Brasileiro de Futebol Juvenil, promovido pela então Confederação Brasileira de Desportos - CBD.
O técnico Carlos Morales convocou 12 jogadores do Brasília, 7 do Guará, 2 do Taguatinga, 1 do Grêmio Brasiliense, 4 do Sobradinho, 2 da Desportiva Bandeirante, 5 do Gama, 2 da AABB e 1 do Guadalajara.
Foram eles: Maurício (Brasília), Junior (Gama), Mário (Brasília) – Décio (AABB), Isaías (Brasília) - Manoel Silva (Gama) e Ledis (Brasília); Marco Antônio (Brasília), Manoel Ferreira (Gama) e Maurinho (Brasília) – Vicente (Gama); Carlos (Desportiva Bandeirante) – Ivonildo (Guará) – Éverton (Brasília), Vilmar (Brasília) – Cláudio (Gama) e Zé Carlos (Taguatinga) – Serginho (Guará).
Posteriormente, outros foram convocados, casos de Haroldo, goleiro, e Weber de Azevedo Magalhães, ambos do Brasília, e dois cortados, por não comparecerem aos treinamentos: Wander de Carvalho (Brasília) e Hani Bazzi (Sobradinho).
As 21 seleções estaduais foram divididas em 3 grupos de 5 e 1 grupo de 6, assim compostos:

A - Amazonas, Ceará, Maranhão, Pará e Piauí;
B - Alagoas, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe;
C - Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais e Rio de Janeiro;
D - Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Nos quatro jogos que disputou, o Distrito Federal somente conseguiu somar um ponto, proveniente de um empate com Minas Gerais. Nos demais, foram três derrotas.
Em sua estreia, em 23 de dezembro de 1978, contra a forte equipe do Rio de Janeiro (foto), os brasilienses foram goleados por 5 x 0. Treinada por Joel Martins, contando com a base do Botafogo, campeão carioca de 1978 (cujo maior destaque era Wecsley), e mais jogadores do nível de Leandro e Vítor, do Flamengo, João Luís, do Vasco da Gama, e Gilcimar, do Fluminense, a seleção do Rio de Janeiro era a grande favorita para a conquista do título e confirmou o favoritismo.

RIO DE JANEIRO 5 x 0 DISTRITO FEDERAL
Data: 23 de dezembro de 1978
Local: Caio Martins, Niterói (RJ)
Árbitro: Henrique José Ribeiro (ES)
Renda: Cr$ 50.800,00
Público: 1.864
Gols: Jérson, 10; Wecsley, 31, de pênalti; Jérson, 55, 60 e 83.
RIO DE JANEIRO: Luís Carlos, Leandro (Lima), Luís Cláudio, Miltão e João Luís; Vítor, Wecsley e André; Gilcimar (Gilberto), Jérson e Aérton.
DISTRITO FEDERAL: Maurício, Junior, Mário, Manuel Silva e Lédis; Marco Antônio, Manoel Ferreira e Maurinho; Carlos (Vicente), Vilmar e Ivonildo (Cláudio).

Nos demais jogos, estes foram os resultados:

DISTRITO FEDERAL 0 x 0 MINAS GERAIS
Data: 7 de janeiro de 1979
Local: Serejão, Taguatinga (DF)
Árbitro: Benedito Gonçalves
Renda: Cr$ 42.580,00
Expulsões: Aexandre e Isaías
DISTRITO FEDERAL: Maurício, Junior, Mário, Isaías e Ledis; Marco Antônio, Manoel Ferreira e Maurinho (Vicente); Carlos (Éverton), Gilmar e Zé Carlos.
MINAS GERAIS: Márcio, Zé Carlos, Luís Carlos, Alexandre e Ferreira; Paulo Martins e Carlinhos (Maurinho); Mateus (Marcelo), Hugo, Vágner e Renato.

DISTRITO FEDERAL 0 x 1 GOIÁS
Data: 21 de janeiro de 1979
Local: Serejão, Taguatinga (DF)
Árbitro: Hélio Cosso
Renda: Cr$ 40.350,00
Gol: Mário (contra), 79
Expulsões: Wilson Soares e Vilmar
DISTRITO FEDERAL: Maurício, Junior, Mário, Manuel Silva e Lédis; Manoel Ferreira e Vicente; Vilmar, Ivonildo, Cláudio (Décio) e Serginho (Marco Antônio).
GOIÁS: Itamar, Wilson Soares, Paulo Alves, Ademar e Cândido; Sabão (Gilson) e Pintinho; Luvanor, Zé Henrique, Marco Antônio (Labau) e Vânio.

ESPÍRITO SANTO 1 x 0 DISTRITO FEDERAL
Data: 24 de janeiro de 1979
Local: Vitória (ES)
Árbitro: João Batista Chagas Neto
Renda: Cr$ 6.820,00
Público: 341
Gol: Ruberico, 4
ESPÍRITO SANTO: Antônio Luís, Ramón, Marco Aurélio, Henrique e Lucinho; Antônio Amaral e Marcos Nunes; Ruberico, Paulistinha, Aldamário e Carlos Henrique.
DISTRITO FEDERAL: Maurício, Junior, Mário, Manuel Silva e Lédis; Manoel Ferreira e Décio; Ivonildo, Vicente, Cláudio (Marco Antônio) e Serginho.

A Seleção do Distrito Federal ficou em quinto e último lugar, sem marcar um único gol e sofrendo sete.


segunda-feira, 18 de março de 2019

PLACAR DA RODADA: oitava e nona rodadas da Primeira Fase do Campeonato Brasiliense da Primeira Divisão - 2019



OITAVA

12.03.2019
REAL 2 x 0 TAGUATINGA
13.03.2019
GAMA 4 x 1 SOBRADINHO
LUZIÂNIA 0 x 2 BRASILIENSE
CEILÂNDIA 0 x 1 BOSQUE FORMOSA
PARACATU 2 x 0 SANTA MARIA
14.03.2019
BOLAMENSE 1 x 4 CAPITAL

NONA

16.03.2019
SOBRADINHO 0 x 0 CEILÂNDIA
BOSQUE FORMOSA 2 x 2 LUZIÂNIA
TAGUATINGA 0 x 2 PARACATU
17.03.2019
GAMA 1 x 0 BRASILIENSE
CAPITAL 1 x 1 REAL
SANTA MARIA 0 x 0 BOLAMENSE

CLASSIFICAÇÃO DE MOMENTO

CF
CLUBES
PG
J
V
E
D
GF
GC
SG
Aprov.
GAMA
25
9
8
1
0
21
4
17
92,6%
BRASILIENSE
22
9
7
1
1
14
1
13
81,5%
REAL
17
9
4
5
0
13
4
9
63,0%
LUZIÂNIA
15
9
4
3
2
14
7
7
55,6%
PARACATU
14
9
4
2
3
9
6
3
51,9%
SOBRADINHO
14
9
4
2
3
11
13
-2
51,9%
CAPITAL
13
9
4
1
4
9
10
-1
48,1%
BOSQUE FORMOSA
10
9
2
4
3
8
9
-1
37,0%
CEILÂNDIA
9
9
2
3
4
9
7
2
33,3%
10º
TAGUATINGA
6
9
1
3
5
5
10
-5
22,2%
11º
SANTA MARIA
2
9
0
2
7
3
22
-19
7,4%
12º
BOLAMENSE
1
9
0
1
8
4
27
-23
3,7%



JOGOS REALIZADOS
54







GOLS ASSINALADOS
120








MÉDIA DE GOLS/JOGO
2,2