domingo, 30 de abril de 2017

HÁ 50 ANOS NO FUTEBOL BRASILIENSE: Excursão do Rabello ao Norte/Nordeste



Encerrando a sua temporada em gramados do Norte/Nordeste, o Rabello colheu um grande triunfo no dia 30 de abril de 1967, ao vencer o River, por 3 x 0, no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina (PI).
No primeiro tempo, Carlinhos inaugurou o marcador aos 43 minutos. No 2º, Cid marcou duas vezes, aos 30 e 41 minutos, definindo o placar de 3 x 0 a favor do Rabello.
O árbitro foi David Pinto de Almeida e a renda de NCr$ 3.977,20.
Jogaram as equipes assim: 
RABELLO - Dico, Didi, Mello, Wantuil e Hélio; Luiz (Carlão), Zé Maria e Tião; Zezé (Sabará), Cid e Carlinhos (Edinho). 
RIVER - Antônio João, Gildo, Gereba, Paulo e Louro; Mariano e Wilmar; Mariola, Valdeck (Clemilson), Tassu (Riba) (Paulinho) e Escurinho.

Tempos depois, o goleiro Dico e o atacante Roberto transferiram-se para o Clube do Remo. Dico se tornou um dos maiores ídolos da história do Clube do Remo, conquistando seis títulos paraenses e se tornando o goleiro mais vitorioso desde que o futebol do Pará foi profissionalizado.




A COPA BRASIL CENTRAL DE 1967 - 2ª parte


2º TURNO

28.05.1967

Atlético Goianiense 1 x 0 Colombo
Local: Estádio Pedro Ludovico, Goiânia.

Ipiranga 1 x 1 Anapolina
Local: Estádio Jonas Duarte, Anápolis.

31.05.1967

Anapolina 2 x 2 Goiânia
Local: Estádio Jonas Duarte, Anápolis.

01.06.1967

Colombo 1 x 3 Ipiranga
Local: Estádio de Brasília
Árbitro: José Muniz Brandão
Renda: NCr$ 186,00
Gols: Gilson, 5; Luizinho, 8; Carlinhos, 46 e Adilson, 58
Colombo: Sílvio (Pelé), Paulista, Juci, Edson (Ivan) e Oliveira; Índio e Zezé; Gilson, Santos, Tião (Bolinha) e Baiano (Crispim).
Ipiranga: Chicão, Ronaldo, Orlando, José França e Pelé; Adilson e Luizinho; Patinho, Lucindo, Carlinhos e Paulinho (Formiga).

04.06.1967

Defelê 1 x 5 Goiânia
Local: Estádio Ciro Machado do Espírito Santo
Árbitro: José Pereira Sobrinho
Renda: NCr$ 560,00
Gols: Chico, 3; Waldeir, 30 e 36; Reinaldo (pênalti), 57; Tuíra, 79 e Pelé, 89
Defelê: Tonho, Boni, Lima, Farneze e Wilson; Quincas e Reinaldo; Santos, Invasão, Elmano e Sabará (Djalma).
Goiânia: Agildo, Gesmar, Manduca, Lincoln e Osmar; Chico e Zé Carlos; Pelé, Tuíra, Waldeir e Silvinho.

Atlético Goianiense 4 x 2 Anapolina
Local: Estádio Pedro Ludovico, Goiânia.

07.06.1967

Ipiranga 2 x 1 Defelê
Local: Estádio Jonas Duarte, Anápolis
Árbitro: Rubem Pacheco.

08.06.1967

Colombo 1 x 2 Anapolina
Local: Estádio de Brasília.

11.06.1967

Goiânia 6 x 1 Colombo
Local: Estádio Pedro Ludovico, Goiânia
Gols: Silvinho (2), Tuíra, Waldeir, Zé Carlos e Julinho para o Goiânia e Crispim para o Colombo.

Ipiranga 3 x 3 Atlético Goianiense
Local: Estádio Jonas Duarte, Anápolis.

14.06.1967

Defelê 1 x 1 Anapolina
Local: Estádio de Brasília
Renda: NCr$ 126,00
Gols: Décio, 18, para o Defelê; no 2º tempo, Brandão, para a Anapolina.

18.06.1967

Goiânia 1 x 1 Ipiranga
Local: Estádio Pedro Ludovico, Goiânia.

20.06.1967

Colombo 2 x 2 Defelê
Local: Estádio de Brasília
Árbitro: Rubem Pacheco
Renda: NCr$ 20,00
Gols: 1º tempo - Invasão e Batista para o Defelê e Bolinha para o Colombo; 2º tempo - Bolinha para o Colombo
Colombo: Sílvio, Tião (Baiano), Paulista, Edson e Oliveira; Índio e Bolinha; Gilson, Santos, Vicente e Crispim.
Defelê: Zezinho (Neniomar), Boni, Zé Maria, Farneze e Wilson; Quincas e Sabará; Santos, Pepe (Batista), Invasão e Mozart.

Goiânia 3 x 2 Atlético Goianiense
Local: Estádio Pedro Ludovico, Goiânia.

28.06.1967

Atlético Goianiense 3 x 1 Defelê
Local: Estádio Pedro Ludovico
Árbitro: Gilberto Nahas.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

CF
CLUBES
J
V
E
D
GF
GC
PG
GOIÂNIA
10
6
4
0
27
11
16
ATLÉTICO
10
4
5
1
23
18
13
IPIRANGA
10
4
5
1
17
13
13
ANAPOLINA
10
3
4
3
15
15
10
DEFELÊ
10
1
5
4
12
21
7
COLOMBO
10
0
1
9
10
26
1


sábado, 29 de abril de 2017

A COPA BRASIL CENTRAL DE 1967 - 1ª parte



Com a finalidade de desenvolvimento técnico e financeiro das duas entidades envolvidas (Federação Goiana de Futebol e Federação Desportiva de Brasília) foi realizada no período de 30 de abril a 28 de junho de 1967 a Copa Brasil Central, Troféu “João Havelange”.

Participaram: 
Atlético Goianiense e Goiânia, de Goiânia (GO);
A. A. Anapolina e Ipiranga A. C., de Anápolis (GO) e 
Colombo e Defelê, de Brasília (DF)


1º TURNO

30.04.1967

Defelê 3 x 3 Atlético Goianiense
Local: Estádio de Brasília
Árbitro: Antônio Guilherme
Renda: NCr$ 1.000,00
Gols: Invasão, 4, para o Defelê e Fernando, 17, para o Atlético Goianiense; 2º tempo – Invasão (2) para o Defelê e Fernando e Geraldo para o Atlético Goianiense.
Defelê: Tonho, Pedrinho, Lima, Farneze e Wilson; Quincas e Reinaldo; Santos, Invasão, Djalma e Mauro Lúcio (Boni).
Atlético Goianiense: Ronaldo, Machado, Jair Silvério, Robson e Alemão; Adalberto e Paulo César (Gonçalo); Lico, Jair, Fernando e Edno.

Ipiranga 2 x 1 Colombo
Local: Estádio Jonas Duarte, Anápolis
Árbitro: Sylvio Fernandes
Renda: NCr$ 800,00
Gols: Carlinhos, 13; Zezé, 43 e Adilson, 57
Ipiranga: Chicão, Pelé, Ronaldo, Chuchuca e Dino; Adilson e Goiano; Lucindo, Carlinhos, Luizinho e Formiga (Café).
Colombo: Sílvio, Vonges, Juci, Sir Peres e Oliveira; Bolinha e Tôco; Gilson, Santos, Zezé e Crispim.

Goiânia 1 x 0 Anapolina
Local: Estádio Pedro Ludovico, Goiânia
Árbitro: José Muniz Brandão
Renda: NCr$ 1.430,00
Gol: Waldeir, 85

03.05.1967

Ipiranga 1 x 1 Goiânia
Local: Estádio Jonas Duarte, Anápolis.

07.05.1967

Colombo 1 x 3 Goiânia
Local: Estádio de Brasília
Árbitro: José Muniz Brandão
Renda: NCr$ 685,00
Gols: Raul, 4; Crispim, 18; Pelé, 43 e Chico, 76
Colombo: Sílvio, Natal, Juci, Sir Peres e Ivan; Bolinha e Tôco; Gilson, Santos, Paulinho (Zezé) e Crispim.
Goiânia: Agildo, Gesmar, Manduca, Lincoln e Osmar; Chico e Zé Carlos; Danilo, Waldeir, Raul (Pelé) e Júlio (Silvinho).

Anapolina 1 x 1 Defelê
Local: Estádio Jonas Duarte, Anápolis
Árbitro: Gilberto Nahas.

Atlético Goianiense 1 x 1 Ipiranga
Local: Estádio Pedro Ludovico, Goiânia

10.05.1967

Anapolina 1 x 1 Atlético Goianiense
Local: Estádio Jonas Duarte, Anápolis.

11.05.1967

Defelê 1 x 0 Colombo
Local: Estádio de Brasília
Árbitro: José Mattos Sobrinho
Renda: NCr$ 300,00
Gol: Djalma, 89
Defelê: Tonho, Juarez, Lima, Farneze e Wilson; Quincas e Sabará; Santos, Invasão, Djalma e Mauro Lúcio (Mozart).
Colombo: Sílvio, Ivan, Juci, Sir Peres e Oliveira; Bolinha e Tôco; Gilson, Paulinho, Crispim e Ribamar.

14.05.1967

Colombo 2 x 3 Atlético Goianiense
Local: Estádio de Brasília
Árbitro: José Muniz Brandão
Renda: NCr$ 338,00
Gols: Jair Silvério, 5; Jair, 12; Crispim, 16; Adalberto, 55 e Paulinho, 77 
Colombo: Osório (Pelé), Edson, Juci, Sir Peres e Oliveira; Bolinha (Índio) e Zezé; Gilson, Santos, Paulinho e Crispim.
Atlético Goianiense: Manoelzinho, Edno, Jair Silvério, Djalma e Alemão; Machado e Adalberto; Aloísio (Édio), Gonçalo, Jair e Lico.

Ipiranga 1 x 2 Anapolina
Local: Estádio Jonas Duarte, Anápolis.

Goiânia 3 x 0 Defelê
Local: Estádio Pedro Ludovico, Goiânia
Árbitro: José Mattos Sobrinho.
Defelê: Tonho, Pedrinho, Lima, Farneze e Wilson; Quincas e Sabará (Solon); Santos, Invasão, Djalma e Mauro Lúcio (Mozart).

17.05.1967

Defelê 1 x 1 Ipiranga
Local: Estádio de Brasília
Árbitro: José Muniz Brandão
Renda: NCr$ 226,00
Gols: Invasão, 60 e Carlinhos, 89
Defelê: Tonho, Juarez, Lima, Farneze e Wilson; Quincas e Sabará; Santos, Invasão, Djalma e Mozart (Solon).
Ipiranga: Chicão, Pelé, Orlando, José França (Arnaldo) e Dino; Adilson e Luizinho; Patinho, Lucindo (Zecão), Carlinhos e Formiga.

18.05.1967

Anapolina 3 x 1 Colombo
Local: Estádio Jonas Duarte, Anápolis
Árbitro: Sylvio Carvalho.

Atlético Goianiense 2 x 2 Goiânia
Local: Estádio Pedro Ludovico, Goiânia


sexta-feira, 28 de abril de 2017

HÁ 50 ANOS NO FUTEBOL BRASILIENSE - Excursão do Rabello - A primeira vitória



O Rabello deixou Belém (PA) no dia 24 de abril de 1967 e seguiu para Teresina, capital do Piauí, onde o aguardava dois outros encontros contra clubes da cidade. 
A delegação do Rabello hospedou-se no Hotel Central.
Estreando em gramados piauienses no dia 27 de abril de 1967, no Estádio Lindolfo Monteiro, o Rabello conquistou sua primeira vitória, ao derrotar o Flamengo local por 1 x 0, gol de Edinho, aos 40 minutos do 2º tempo.
O goleiro Dico e o zagueiro Wantuil foram os destaques do Rabello.
O Rabello jogou com Dico, Dão (Hélio), Mello, Wantuil e Didi; Luiz, Zé Maria e Tião; Zezé (Sabará), Cid e Edinho. 
Já o Flamengo atuou com Luiz Mário, Maneca, Amadeu, Estácio e Matintim; Gringo e Nilson (Salvador); Massarico, Evandro, Mano e Edu.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

SÚMULAS: Oitava rodada do Campeonato Brasiliense de 2017


SOBRADINHO 0 x 0 C. A. TAGUATINGA
Data: 08.03.2017
Local: Diogão, Formosa (GO)
Árbitro: Maguielson Lima
Renda: R$ 140,00
Público: 14 pagantes
SOBRADINHO: Leonardo, Andrezinho, Léo Torres (Baiano), Alex e China; Thiago, Kelvin (Helinho), Lucas e Gago; Ranyelle (Wilker) e João de Deus. Técnico: Augusto Pedro de Sousa.
C. A. TAGUATINGA: Abraão, Marquinhos, Ikaro, Bruno (Jeziel) e Stefan; Somália, Feijão (Ronaldo), Ramon e Sena; Diego e Serginho (Emerson). Técnico: Marquinhos Carioca.

BRASÍLIA 1 x 2 BOSQUE FORMOSA
Data: 08.03.2017
Local: Mané Garrincha, Brasília (DF)
Árbitro: José Neto
Renda: R$ 260,00
Público: 71 pagantes
Expulsão: Daniel Marques, do Bosque Formosa
Gols: Daniel Vargas, 11; Michel Paulista (pênalti), 29 e 59
BRASÍLIA: Erick, Matheus Carneiro, Thiago, Bruno e Heltinho; João Bahia, Ribeiro (Maycon), Braitinner (Daniel) e Daniel Vargas; Wallace e Igor (Dourado). Técnico: Christian Ramos.
BOSQUE FORMOSA: Anderson Brum, Douglas Alves (Diego Brito), Daniel Marques, Mário Paiva e Ratinho; Dadinho, Rico, Dadá e Diogo Capela (Robinho); Pedro Felipe (Wesley) e Michel Paulista. Técnico: Hely Carlos.

BRASILIENSE 0 x 0 CEILÂNDIA
Data: 08.03.2017
Local: Abadião, Ceilândia (DF)
Árbitro: Rodrigo Raposo
Renda: R$ 1.273,00
Público: 373 pagantes
BRASILIENSE: Pereira, Patrick, Wallace, Preto Costa e Mário Henrique; Lucas Zen, Aldo, Souza e Luquinhas (Peninha); Reinaldo (Elcarlos) e Nunes. Técnico: Rafael Toledo.
CEILÂNDIA: Artur, Dudu Lopes, Wallinson, Badhuga e Kabrine; Didão (Michel Platini), Emerson Martins, Alcione e Filipe Cirne (Elivelto); Romarinho e Formiga (Allanzinho). Técnico: Adelson de Almeida.

GAMA 1 x 0 LUZIÂNIA
Data: 08.03.2017
Local: Bezerrão, Gama (DF)
Árbitro: Rafael Diniz
Renda: R$ 18.203,00
Público: 1.916 pagantes
Gol: Alvinho, 30
GAMA: Maringá, Everton, Pedrão, Rodrigo Bronzatte e Felipe Assis; Baiano, Eduardo, Jefferson Paulista (Glaybson) e Michel Pires; Alvinho (Paulinho Fernandes) e Roberto Pitio. Técnico: Reinaldo Gueldini.
LUZIÂNIA: Sid, Amaral (Willame), Cauê, Rodrigo Barros e Rodriguinho; Castro Junior, Thompson, Dan e Renatinho (Rodriguinho); Robinho e Laécio (Alex Junior). Técnico: Ricardo Antônio.

PARACATU 2 x 1 REAL
Data: 08.03.2017
Local: Frei Norberto, Paracatu (MG)
Árbitro: Vanderlei Soares
Renda: R$ 3.300,00
Público: 600 pagantes
Gols: Zé Wilson, 37; Hyago, 59 e Diógenis, 80
PARACATU: Jordan, Flávio Mineiro, Breno (Vitão), Humberto e Magal; Zé Wilson, Cabecinha, Carlos Henrique e Taylon (Anderson Cuiabano); Anderson Oliveira e João Lucas (Diógenis). Técnico: Antônio Carlos da Silva (Buião).
REAL: Léo Rodrigues, Rafael Viegas, André, Hyago e Santos; Pedro Ayub (Werick), Gláuber, Willian e Dudu; Marquinhos (Vitinho) e Giba (Léo Santos). Técnico: Gauchinho.

SANTA MARIA 0 x 1 PARANOÁ
Data: 09.03.2017
Local: Bezerrão, Gama (DF)
Árbitro: Gildevan Lacerda
Renda: R$ 590,00
Público: 264 pagantes
Gol: Guto, 83
SANTA MARIA: Victor Brasil, Douglas, Dedé, Hícaro e Jefferson Falcão; Zé Augusto (Lucas Santos), Lucas Bocão, Fernandinho e Marlos (Rogério); Gleicinho e Romário (Chulapa). Técnico: Jairo Araújo.
PARANOÁ: Rhuan, Guto, Madruga, Grafite e Gleison; Paulo, Kabila, André Bassi e Igor (Kayro); Miller (Amaral) e Emerick (Duda). Técnico: Rol Faúla.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

DIA DO GOLEIRO



Prestamos nossa homenagem ao Dia do Goleiro, relacionando todos os goleiros que se sagraram campeões brasilienses, de 1959 a 2016:

ANOS
CLUBES
GOLEIROS
1959
GRÊMIO
Bosco
1960
DEFELÊ
Anésio, Cauby e Matil
1961
DEFELÊ
Cauby e Matil
1962
DEFELÊ
Anésio, Isaac, Matil e Walmir
1963
CRUZEIRO DO SUL
João Luís, Zé Walter e Zezinho
1964 - Amad
GUANABARA
Diogo
1964 - Prof
RABELLO
Gaguinho, Tonho e Zé Maria
1965 - Amad
PEDERNEIRAS
Chico
1965 - Prof
RABELLO
Nilson e Zé Walter
1966 - Amad
GUANABARA
Frajola e Pena
1966 - Prof
RABELLO
Dico e Zé Walter
1967
RABELLO
Dico e Paulo Roberto
1968
DEFELÊ
Tonho e Zé Walter
1969
COENGE
Hugo e Tonho
1970
GRÊMIO
Adriano, Cláudio e Sílvio
1971
COLOMBO
Carlos José, Kill e Wilsinho
1972
SERVIÇO GRÁFICO
Jairo, Manoel Carlos e Sinézio
1973
CEUB
Elizaldo e Hélio
1974
PIONEIRA
Adriano, Carlos José e Raniere
1975
CAMPINEIRA
Ari, Marcos e Rubens
1976
BRASÍLIA
Déo, Édson, Norberto, Rodolfo e Roriman
1977
BRASÍLIA
Déo e Norberto
1978
BRASÍLIA
Déo, Jonas e Maurício
1979
GAMA
Hélio, Jaidan e Lúcio
1980
BRASÍLIA
Déo, Haroldo e Maurício
1981
TAGUATINGA
Augusto, Jonas e Luciano
1982
BRASÍLIA
Haroldo, Itiberê e Maurício
1983
BRASÍLIA
Déo, Itiberê, Nena e Sidney
1984
BRASÍLIA
André, Joaldo e Nena
1985
SOBRADINHO
Atayde, Bocaiúva e Tatinha
1986
SOBRADINHO
Atayde, Bocaiúva e Tatinha
1987
BRASÍLIA
Adriano, Gildo, Nena e Wanderley
1988
TIRADENTES
Déo e Montanha
1989
TAGUATINGA
Elvis, Germano e Roberto Costa
1990
GAMA
Acácio, Chicão e Nasser
1991
TAGUATINGA
Cláudio e Elvis
1992
TAGUATINGA
Dalmir e Edilson Barriga
1993
TAGUATINGA
Amarildo, Claudionor, Dalmir, Dorival,
Marco Antônio e Nilton
1994
GAMA
Elton e Gildo
1995
GAMA
Edivaldo, Márcio e Tonhão
1996
GUARÁ
Cláudio e Pereira
1997
GAMA
Alexandre, Jajá, Nasser e Roger
1998
GAMA
Roger e William
1999
GAMA
Fernando Souza, Marcelo Valença e Roger
2000
GAMA
Fernando e Rafael
2001
GAMA
Ângelo, Fernando, Rafael e Ronaldo
2002
CFZ
Anderson, Dudu, Elinton e Ricardo
2003
GAMA
Humberto, Júlio César e Rodrigo Posso
2004
BRASILIENSE
Donizeti e França
2005
BRASILIENSE
Donizeti e França
2006
BRASILIENSE
Alexandre Fávaro, Anderson, Gustavo e Paes
2007
BRASILIENSE
Guto, João Carlos e Wesley
2008
BRASILIENSE
Guto, Lucas e Luís Müller
2009
BRASILIENSE
Artur, Guto e Osmair
2010
CEILÂNDIA
Edinho, Jair e Pedro
2011
BRASILIENSE
Gilson e Welder
2012
CEILÂNDIA
Darci e Pedro Ferreira
2013
BRASILIENSE
Guto, Junior e Welder
2014
LUZIÂNIA
Douglas Santos e Edmar Sucuri
2015
GAMA
Pereira, André e Jefferson
2016
LUZIÂNIA
Dida e Edmar Sucuri