Total de visualizações de página

terça-feira, 31 de maio de 2011

ARQUIVOS DO FUTEBOL BRASILIENSE: O TORNEIO CENTRO OESTE DE 1981


Promovido pela Federação Metropolitana de Futebol (DF) e Federação Goiana de Desportos (GO), o torneio contou com a participação das seguintes equipes:

DISTRITO FEDERAL
Brasília e Tiradentes, de Brasília;
Gama, do Gama; e
Sobradinho, de Sobradinho

GOIÁS
Atlético, Goiânia e Vila Nova, de Goiânia; e
Anápolis, de Anápolis.

PRIMEIRO TURNO

08.03.1981
ANÁPOLIS 3 x 3 GOIÂNIA
ATLÉTICO 2 x 0 SOBRADINHO
BRASÍLIA 2 x 2 TIRADENTES
GAMA 0 x 1 VILA NOVA

11.03.1981
SOBRADINHO 1 x 2 GAMA
ATLÉTICO 3 x 0 VILA NOVA
TIRADENTES 1 x 1 ANÁPOLIS
GOIÂNIA 1 x 1 BRASÍLIA

15.03.1981
BRASÍLIA 0 x 1 ATLÉTICO
GAMA 4 x 0 ANÁPOLIS
SOBRADINHO 2 x 1 TIRADENTES
GOIÂNIA 2 x 0 VILA NOVA

18.03.1981
ANÁPOLIS 3 x 1 SOBRADINHO
TIRADENTES 0 x 3 ATLÉTICO
GOIÂNIA 0 x 3 GAMA
BRASÍLIA x VILA NOVA (*)

22.03.1981
ATLÉTICO 3 x 1 GOIÂNIA
GAMA 4 x 0 TIRADENTES
VILA NOVA 1 x 0 ANÁPOLIS
BRASÍLIA 3 x 0 SOBRADINHO

24.03.1981
GAMA 2 x 0 ATLÉTICO
GOIÂNIA 3 x 1 TIRADENTES
ANÁPOLIS x BRASÍLIA (*)
SOBRADINHO x VILA NOVA (*)

29.03.1981
VILA NOVA 3 x 1 TIRADENTES
GAMA 2 x 1 BRASÍLIA
SOBRADINHO 1 x 0 GOIÂNIA
ANÁPOLIS 5 x 1 ATLÉTICO

Obs.:
(*) esses jogos não foram realizados devido ao mau tempo; não voltaram a ser realizados tendo em vista que seus resultados não alterariam a colocação final do 1º turno.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO 1º TURNO

CF
CLUBES
J
V
E
D
GF
GC
PG
GAMA
7
6
0
1
17
3
12
ATLÉTICO
7
5
0
2
13
8
10
ANÁPOLIS
6
2
2
2
12
11
6
VILA NOVA
5
3
0
2
5
6
6
GOIÂNIA
7
2
2
3
10
12
6
BRASÍLIA
5
1
2
2
7
6
4
SOBRADINHO
6
2
0
4
5
11
4
TIRADENTES
7
0
3
4
6
18
3

SEGUNDO TURNO

GRUPO A

05.04.1981
VILA NOVA 0 x 0 BRASÍLIA
TIRADENTES 0 x 2 GOIÂNIA

08.04.1981
BRASÍLIA 0 x 0 GOIÂNIA
TIRADENTES 1 x 2 VILA NOVA

12.04.1981
GOIÂNIA 0 x 0 VILA NOVA
BRASÍLIA 2 x 1 TIRADENTES

GRUPO B

05.04.1981
SOBRADINHO 1 x 1 ATLÉTICO
ANÁPOLIS 1 x 1 GAMA

08.04.1981
SOBRADINHO 1 x 1 ANÁPOLIS
ATLÉTICO 2 x 0 GAMA

12.04.1981
ATLÉTICO 1 x 0 ANÁPOLIS
GAMA 5 x 1 SOBRADINHO

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GRUPO A

CF
CLUBES
J
V
E
D
GF
GC
PG
GOIÂNIA
3
1
2
0
2
0
4
VILA NOVA
3
1
2
0
2
1
4
BRASÍLIA
3
1
2
0
2
1
4
TIRADENTES
3
0
0
3
2
6
0

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GRUPO B

CF
CLUBES
J
V
E
D
GF
GC
PG
ATLÉTICO
3
2
1
0
4
1
5
GAMA
3
1
1
1
6
4
3
ANÁPOLIS
3
0
1
2
5
3
1
SOBRADINHO
3
0
1
2
3
10
1

Obs.: considerando os impasses surgidos quanto ao caráter oficial ou amistoso do Torneio (quanto à aplicabilidade de suspensão automática ou não de atletas expulsos, fator observado pelos filiados à FMF e que deixaram de ser atendidos pelos filiados à FGD) e como os clubes não chegavam a um denominador comum, os mesmos, por unanimidade, delegaram poderes ao Presidente da FMF e do representante da FGD, para decidirem a respeito. Foi resolvido que, no Grupo A, haveria uma decisão extra entre as três equipes empatadas com 4 pontos. No Grupo B, o Gama pleiteava os pontos dos jogos contra Anápolis e Atlético; considerando que a apreciação da Justiça Desportiva acarretaria uma paralisação da competição e que não teria mais data livre para a realização dos jogos, ficou definido que o Atlético faria dois jogos contra o Gama, levando a vantagem do empate; o clube goiano não aceitou e resolveu abandonar a competição. Com a falta de datas para as finais, foi decidido que o vencedor do Grupo A seria o campeão do 2º turno.

DECISÃO DO SEGUNDO TURNO

14.04.1981
VILA NOVA 1 x 1 BRASÍLIA (pênaltis: Brasília 4 x 2)

16.04.1981
GOIÂNIA 2 x 1 BRASÍLIA

FINAL

19.04.1981, no Bezerrão
GAMA 2 x 1 GOIÂNIA
Gols: Fantato e Jorge Luiz para o Gama e Zé Oscar para o Goiânia.

23.04.1981, no Bezerrão
GAMA 0 x 0 GOIÂNIA

GAMA CAMPEÃO DO TORNEIO CENTRO-OESTE

Formação do Gama: João Batista (Moacir), Junior, Kidão, Carlão e Ojeda; Vicente, Luís Carlos e Manoel Ferreira; Lino (Roldão), Fantato e Jorge Luiz. Técnico: Elício Lopes Soares.

Artilheiro: Fantato (Gama), 7 gols.

A VITÓRIA DO BRASÍLIA SOBRE O GRÊMIO EM PORTO ALEGRE


Na Loteria Esportiva, a vitória do Brasília representava 9% de probabilidade de acontecer.
Há 14 jogos que o campeão gaúcho Grêmio não perdia no Olímpico.
Esta foi a primeira vez no ano que o técnico Ênio Andrade conseguiu escalar o Grêmio com sua força máxima, inclusive com a presença de Paulo Isidoro, em sua volta da Seleção Brasileira.
E nunca é demais lembrar que o Grêmio acabou se sagrando campeão brasileiro de 1981, ao vencer o São Paulo em pleno Morumbi, por 1 x 0, gol de Baltasar.
A torcida, que compareceu ao estádio certa de assistir a uma goleada de sua equipe, teve seus prognósticos aumentados, pois logo a um minuto e quarenta segundos de jogo, Tarciso abriu o marcador, entrando pelo meio para aproveitar um cruzamento do ponteiro-esquerdo Odair.
O Grêmio passou a rolar a bola, subestimando o adversário. E com alguma razão, pois logo em seguida surgiram novas chances de ampliar o marcador. Mas o Brasília também saiu para o ataque e, antes de empatar a partida, teve duas chances incrivelmente perdidas por seus atacantes. A primeira com Aluísio, quando Leão fez grande defesa. A segunda com Afonso, que chutou por cima.
Aos 22 minutos, Aluísio, de grande atuação, arriscou um chute da intermediária e teve a felicidade de acertar o ângulo direito de Leão, que nada pôde fazer. E aos 25, Wander, da meia-lua, recebeu um cruzamento da esquerda e colocou no mesmo canto.
Já em desvantagem, o Grêmio, mesmo nervoso, continuou criando chances para empatar a partida. Tarciso, Baltasar e Renato Sá perderam gols incríveis. Ao final do jogo, Dirceu marcou aquele que seria o gol de empate, mas o árbitro anulou, assinalando impedimento. Segundo o Jornal do Brasil “erradamente”. Já a Folha de S. Paulo afirma “O árbitro teve uma boa atuação, inclusive na marcação de um impedimento de Dirceu, anulando um gol do Grêmio aos 13 minutos do segundo tempo”.
Eis a súmula do jogo:

GRÊMIO 1 x 2 BRASÍLIA

Data: 15 de fevereiro de 1981
Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre (RS)
Árbitro: Iolando Rodrigues (SC)
Público: 13.525
Renda: Cr$ 1.098.200,00
Gols: Tarciso, 1.40; Aluísio, 22 e Wander, 25.
GRÊMIO: Leão, Uchoa, Vantuir, De León e Dirceu; China, Paulo Isidoro e Renato Sá (Vilson Tadei); Tarciso, Baltasar (Éber) e Odair. Técnico: Ênio Andrade.
BRASÍLIA: Déo, Luisinho, Mário, Foca e Zé Mário (Ricardo); Alencar, Marco Antônio e Wander; William, Afonso e Aluísio (Paulinho). Técnico: Alaor Capella.

Fontes: Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo e revista Placar.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

OS TÉCNICOS CAMPEÕES DE BRASÍLIA DE 1976 a 2011

Estamos apresentando uma relação com os técnicos campeões do futebol de Brasília, no período de 1976 a 2011. Para tentar corrigir algumas injustiças cometidas como, por exemplo, o técnico ser demitido antes dos dois jogos da decisão do campeonato, a lista abrange todos os técnicos que passaram pelo clube durante a campanha que levou à conquista do título. Caso desejem saber somente o técnico que estava dirigindo o clube na última partida do campeonato, o nome deste consta após os seus antecessores.
Por se tratar de pesquisa inédita, é possível que tenha acontecido omissão de nomes. Para tanto, peço o favor aos amigos que detenham essa informação que faça o devido acréscimo ou correção.

ANO
CLUBE
TÉCNICOS
1976
BRASÍLIA
Rubens de Freitas, Edilson Braga e Maurílio José de Souza (Velha)
1977
BRASÍLIA
Airton Luiz Nogueira
1978
BRASÍLIA
Cláudio Galbo Garcia
1979
GAMA
Martim Francisco Ribeiro de Andrada
1980
BRASÍLIA
Joaquim Cristiano Araújo Neto (Bugue)
1981
TAGUATINGA
Antônio Humberto Nobre (Canhoto)
1982
BRASÍLIA
Ercy Rosa de Souza
1983
BRASÍLIA
Mozair Silviano Barbosa
1984
BRASÍLIA
Pedro Pradera e Jorge Cardoso Medina
1985
SOBRADINHO
José Antônio Furtado Leal
1986
SOBRADINHO
José Geraldo Andrade Neto e José Antônio Furtado Leal
1987
BRASÍLIA
Josemar Macedo, Antônio Montanari (Ipojucan) e Raimundinho
1988
TIRADENTES
Jorge Cardoso Medina, Cristóvão Ferreira e Roberto Ruben Delgado
1989
TAGUATINGA
Antônio Humberto Nobre (Canhoto)
1990
GAMA
Orlando "Lelé" Pereira
1991
TAGUATINGA
Adelmar Carvalho Cabral (Déo)
1992
TAGUATINGA
Mozair Silviano Barbosa, Eurípedes Bueno e Heitor Kanegae
1993
TAGUATINGA
Heitor de Oliveira, Heitor Kanegae, Mozair Silviano Barbosa e Froylan Pinto
1994
GAMA
José "Jota" Alves Monteiro, Paulo Roberto dos Santos e Joel Martins
1995
GAMA
João Leal Neto
1996
GUARÁ
Adelmar Carvalho Cabral (Déo)
1997
GAMA
Bira de Oliveira, Álvaro Matoso Fernandes e Filinto Holanda
1998
GAMA
Paulo Roberto dos Santos, Paulo Comelli, Rubens Fantato e Orlando "Lelé" Pereira
1999
GAMA
José Teodoro Bonfim Queiroz (Zé Teodoro) e Sérgio Aparecido Alexandre
2000
GAMA
Walter de Souza Ferreira
2001
GAMA
Wanderley Paiva Monteiro, Nestor Simionato e Sérgio Aparecido Alexandre
2002
CFZ
Reinaldo Gueldini
2003
GAMA
Edson Blevio Porto e Cristiano Baggio
2004
BRASILIENSE
Mauro Fernandes
2005
BRASILIENSE
Valdir Espinosa
2006
BRASILIENSE
Lula Pereira
2007
BRASILIENSE
Roberto Fernandes
2008
BRASILIENSE
Gérson Andreotti
2009
BRASILIENSE
Roberval Davino
2010
CEILÂNDIA
Adelson de Almeida
2011
BRASILIENSE
Reinaldo Gueldini e Marcos Soares