sexta-feira, 29 de maio de 2020

HÁ 60 ANOS NO FUTEBOL BRASILIENSE: o Canto do Rio em Brasília - 2ª parte


No dia seguinte ao primeiro jogo realizado em Brasília, o Canto do Rio enfrentou o então campeão brasiliense, título conquistado no ano de 1959, o Grêmio.
O jogo deixou muito a desejar, dadas às condições do terreno de jogo: terra pura.
Começou movimentado, dominando as primeiras ações a equipe do Grêmio, com mais disposição na disputa pela bola. Não demorou para o quadro visitante crescer tecnicamente e, contando com a falha do goleiro gremista, abriu o marcador aos 13 minutos do 1º tempo. Ainda atordoado, o Grêmio sofreu o segundo gol quatro minutos depois, em nova falha do goleiro, tirando assim todo o ânimo dos seus companheiros que viram decrescer tremendamente a sua produção.
Para o segundo tempo o Grêmio veio com substituições e apresentou-se melhor, logrando marcar seu gol aos sete minutos de jogo, numa arrancada fulminante de Nobre.
De esperança renovada, o conjunto gremista partiu para tentar pelo menos o empate, mas suas tramas resultavam inúteis, esbarrando na defensiva visitante.
Apesar dos esforços do Grêmio, foi o Canto do Rio que marcou mais um gol, quando faltavam cinco minutos para o final do jogo.

GRÊMIO 1 x 3 CANTO DO RIO
Data: 29 de maio de 1960
Local: Campo do Guará
Árbitro: Paulo de Almeida Oliveira, do Rio de Janeiro
Gols: Célio, 13; Ferreira, 17; Nobre, 52 e Bira, 85.
GRÊMIO: Osvaldo (Ivan), Lacir Pedersoli, Hugo e Ralph; Alemão e Ferreira; Edson Galdino, Braz, Nobre, Sabará e Roberto (Mauro). Técnico: Rubens Porfírio da Paz.
CANTO DO RIO: Ari Jório, Luciano e Oswaldo; Jair, Nésio e Floriano; Célio, Bira, Amaro, Ferreira e Jairo. Técnico: Antônio Ferreira, o Antoninho.



quinta-feira, 28 de maio de 2020

HÁ 60 ANOS NO FUTEBOL BRASILIENSE: o Canto do Rio em Brasília - 1ª parte


Nos dias 28 e 29 de maio de 1960, o Canto do Rio, de Niterói, equipe que disputava o campeonato da Primeira Divisão do Rio de Janeiro, realizou dois amistosos contra clubes de Brasília.
O clube de Niterói vinha de uma excursão de mais de 30 dias por cidades de Minas Gerais e Goiás. Depois de Brasília, ainda iria jogar em Anápolis, Pires do Rio e encerraria a excursão no dia 12 de junho.
Seus adversários, Grêmio e Planalto, estavam parados desde que se encerrou o campeonato brasiliense do ano anterior. Consequentemente, não estavam treinados e despreparados para realizarem uma boa apresentação diante do clube niteroiense.
A delegação do Canto do Rio era composta de 21 jogadores: Ari Jório, Luciano, Oswaldo, Jair, Nésio, Floriano, Célio, Bira I, Amaro, Ferreira, Jairo, Veludo (goleiro), David, Cica, Oswaldo II, Pedrão, Pereira, Orlando, Uriel, Jorge e Bira II.
A delegação ficou hospedada numa casa da ECEL e fizeram as refeições na Cantina Paranoá.

O primeiro jogo do Canto do Rio foi contra o Planalto, no campo da Construtora Planalto.
O jogo agradou pela movimentação dos jogadores na cancha, mas também aconteceram lances de uma violência desnecessária, poucas vezes reprimida pelo árbitro do jogo.
Durante toda a partida, pode-se constatar o melhor preparo físico e técnico da equipe visitante, que, embora cansada pela grande maratona que vinha realizando, demonstrou ter forças para correr os 90 minutos.
Os gols da vitória do Canto do Rio foram marcados no primeiro tempo.

PLANALTO 0 x 2 CANTO DO RIO
Data: 28 de maio de 1960
Local: Campo do Planalto
Árbitro: Elias Severino
Renda: Cr$ 27.500,00
Gols: Bira, 16 e Célio, 24
PLANALTO: Issinha, Ferreira e Amauri; Volney, Jales e Louro; Ribamar, Pedrinho, Edson, Itiberê e Moreira (Prego). Técnico: Pedro Ziza.
CANTO DO RIO: Ari Jório, Luciano e Oswaldo; Jair, Nésio e Floriano; Célio, Bira, Amaro, David e Jairo. Técnico: Antônio Ferreira, o Antoninho.




quarta-feira, 27 de maio de 2020

ARQUIVOS DO FUTEBOL BRASILIENSE: Campeonato Brasiliense de Futebol Amador - 1992


PARTICIPANTES:

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA CANDANGOS
ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA E CLASSISTA NEON TOLDOS
ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA COMERCIAL
ASSOCIAÇÃO RECREATIVA TELEBRASÍLIA
ASTER - ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DA TERRACAP
ATLÂNTIDA ESPORTE CLUBE
COMERCIAL FUTEBOL CLUBE
DEMOCRATA ESPORTE CLUBE
ESPARTA FUTEBOL CLUBE
GRÊMIO ESPORTIVO BRASILIENSE
MARATONA ESPORTE CLUBE
SOCIEDADE ESPORTIVA MARINGÁ

Obs.:
Associação dos Servidores da Eletronorte - ASEEL, Associação dos Servidores do Ministério da Educação e Cultura - ASMEC e Associação Jardim de Futebol foram eliminadas da competição ainda na primeira fase.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA PRIMEIRA FASE

GRUPO A

CF
CLUBES
J
V
E
D
GF
GC
SG
PG
CANDANGOS
6
5
0
1
12
3
9
10
NEON TOLDOS
6
4
2
0
7
1
6
10
A. D. COMERCIAL
6
3
1
2
7
7
0
7
DEMOCRATA
6
2
2
2
7
8
-1
6
ASTER
6
1
4
1
7
3
4
6
GRÊMIO
6
1
1
4
1
8
-7
3

GRUPO B

CF
CLUBES
J
V
E
D
GF
GC
SG
PG
ATLÂNTIDA
7
5
1
1
20
10
10
11
COMERCIAL F. C.
7
5
1
1
11
7
4
11
MARINGÁ
7
4
1
2
11
7
4
9
ESPARTA
7
3
2
2
12
8
4
8
MARATONA
7
2
1
4
8
13
-5
5
TELEBRASÍLIA
7
2
2
3
10
13
-3
6
Obs.: Foram retirados cinco pontos na contagem geral da A. R. Telebrasília.

SEGUNDA FASE

08.11.1992
CANDANGOS 1 x 1 ESPARTA
A. D. COMERCIAL 3 x 0 COMERCIAL F. C.
ATLÂNTIDA 1 x 1 DEMOCRATA
NEON TOLDOS 2 x 0 MARINGÁ

15.11.1992
CANDANGOS 1 x 1 COMERCIAL F. C.
A. D. COMERCIAL 2 x 1 ESPARTA
ATLÂNTIDA 2 x 1 NEON TOLDOS
DEMOCRATA 1 x 0 MARINGÁ

NOTA:
Em reunião extraordinária do TJD da Federação Brasiliense de Futebol, realizada em 03.12.1992, foram devolvidos os cinco pontos a Associação Recreativa Telebrasília, incluindo a mesma na Segunda Fase da competição, e excluir o Esparta Futebol Clube da competição e ainda tornar sem efeito os jogos disputados por este clube nos dias 8 e 15 de novembro de 1992.

Os jogos da A. R. Telebrasília foram:
06.12.1992
CANDANGOS 3 x 1 TELEBRASÍLIA
13.12.1992
A. D. COMERCIAL 0 x 0 TELEBRASÍLIA

16.12.1992
ATLÂNTIDA 5 x 1 MARINGÁ
DEMOCRATA 5 x 2 NEON TOLDOS
CANDANGOS 4 x 1 A. D. COMERCIAL
Obs. Telebrasília x Comercial F. C. foi cancelado.

GRUPO C

CF
CLUBES
J
V
E
D
GF
GC
SG
PG
CANDANGOS
3
2
1
0
8
3
5
5
A. D. COMERCIAL
3
1
1
1
4
4
0
3
TELEBRASÍLIA
2
0
1
1
1
3
-2
1
COMERCIAL F. C.
2
0
1
1
1
4
-3
1

GRUPO D

CF
CLUBES
J
V
E
D
GF
GC
SG
PG
ATLÂNTIDA
3
2
1
0
8
3
5
5
DEMOCRATA
3
2
1
0
7
3
4
5
NEON TOLDOS
3
1
0
2
5
7
-2
2
MARINGÁ
3
0
0
3
1
8
-7
0

FINAL

20.12.1992
ATLÂNTIDA 1 x 0 CANDANGOS

ARTILHEIRO DO CAMPEONATO
Paulo Roberto dos Santos, da A. A. C. Neon Toldos, com seis gols em sete jogos que disputou.

GOLEIRO MENOS VAZADO
Luiz Cláudio Silva Pereira, da Associação dos Servidores da Terracap, que sofreu três gols em seis jogos disputados.

A Taça Disciplina foi conquistada pelo Democrata E. C.