quarta-feira, 31 de maio de 2017

NOVE VERDADES E UMA MENTIRA: com o ex-jogador Nescau




1. Meu nome é Luiz Carlos Nascimento de Azevedo.

2. Nasci em Parnaíba (PI), em 24 de agosto de 1963.

3. Comecei nas escolinhas do Gama, com Jaime dos Santos, em 1975.

4. Fui campeão juvenil de 1979, pelo Gama.

5. Nos seis anos consecutivos (1980 a 1986) que joguei na equipe profissional do Gama, não consegui ganhar títulos.


6. O único título que tenho no futebol profissional do DF foi com a camisa do Brasília, em 1987. No segundo semestre desse mesmo ano, disputei o Campeonato Brasileiro da Série C defendendo as cores do Tiradentes.

7. Meu último clube no futebol brasiliense foi o Sobradinho, em 1999.

8. Além das equipes citadas, ainda joguei no Ceilândia (1989 e 1990), no Planaltina (1997) e Taguatinga (1998), sempre como lateral.

9. Estive emprestado a dois grandes clubes do futebol brasileiro: foram seis meses no Guarani, de Campinas, e nove no Vasco da Gama, do Rio de Janeiro.

10. Fui convocado para a Seleção Brasileira Juvenil que se preparava para o Mundial, em Moscou, em 1982. Fui cortado antes do embarque.



No último “Nove Verdades e Uma Mentira”, com o jogador Aldo, postado no dia 3 de maio, a mentira era a de número 3. Aldo iniciou sua carreira nas categorias de base do Cruzeiro e não no Atlético Mineiro.


terça-feira, 30 de maio de 2017

SÚMULAS DAS FINAIS DO CAMPEONATO BRASILIENSE DE 2017


JOGO DE IDA

CEILÂNDIA 2 x 2 BRASILIENSE
Data: 29/04/2017
Local: Mané Garrincha, Brasília (DF)
Árbitro: Almir Camargo
Renda: R$ 16.139,00
Público: 3.296 pagantes
Gols: Michel Platini, 8; Reinaldo, 33; Aldo, 72 e Badhuga, 85
CEILÂNDIA: Artur, Dudu Lopes, Wallinson, Badhuga e Elivelto; Didão, Emerson Martins (Willian Carioca), Alcione e Filipe Cirne (Formiga); Michel Platini (Gilmar Herê) e Romarinho. Técnico: Adelson de Almeida.
BRASILIENSE: Andrey, Patrick, Wallace, Preto Costa e Gerson; Aldo, Lucas Zen, Peninha (Luquinhas) e Souza (Gabriel); Reinaldo (Malaquias) e Márcio Diogo. Técnico: Rafael Toledo.

JOGO DE VOLTA

BRASILIENSE 3 x 2 CEILÂNDIA
Data: 06/05/2017
Local: Estádio Mané Garrincha. Brasiliense (DF)
Árbitro: Sávio Sampaio
Renda: R$ 23.693,00
Público: 6.395 pagantes
Gols: Romarinho, 33; Reinaldo, 47; Nunes, 71; Souza, 80 e Romarinho, 89
BRASILIENSE: Andrey, Gabriel, Wallace, Preto Costa e Gerson; Aldo, Lucas Zen, Márcio Diogo (Malaquias) e Souza; Reinaldo (Luquinhas) e Nunes (Acerola). Técnico: Rafael Toledo.
CEILÂNDIA: Pedro Ferreira, Dudu Lopes, Wallinson, Badhuga e Elivelto; Didão, Emerson Martins (Kabrine), Alcione e Filipe Cirne (Willian Carioca); Gilmar Herê (Formiga) e Romarinho. Técnico: Adelson de Almeida.



segunda-feira, 29 de maio de 2017

LUTO: morre o ex-goleiro Adriano


Faleceu no último dia 26 de maio, sexta-feira, em Cobija, na Bolívia, o preparador de goleiros José Adriano Feitosa. De acordo com informações, o profissional foi encontrado morto num pequeno apartamento onde residia na cidade boliviana.
Por ironia do destino, fizemos uma matéria com o ex-goleiro exatamente no dia 29 de maio do ano passado.
Adriano nasceu em Campina Grande-PB, no dia 14 de abril de 1954. Iniciou sua carreira no juvenil do Grêmio Esportivo Brasiliense, onde permaneceu por três anos (1970 a 1972).
De sua passagem pelo futebol do DF ainda constam os seguintes clubes: Serviço Gráfico (1973), Pioneira (1974), Taguatinga (1975-1976), Guará (1978-1981), Taguatinga (1982-1985), Brasília (1987), Gama (1989), Taguatinga (1990) e Sobradinho (2004).
Conquistou os títulos de campeão brasiliense de 1970, pelo Grêmio, de 1974, pelo Pioneira e de 1987, pelo Brasília.

Jogou ainda no Treze, de Campina Grande-PB, em 1979.
Adriano chegou ao Acre para trabalhar de preparador de goleiros da ADESG, em 2007, quando o clube da cidade de Senador Guiomard representou o futebol acreano na disputa da Copa do Brasil. O profissional também passou por vários clubes acreanos: Juventus, Rio Branco, Plácido de Castro (onde foi campeão estadual em 2013) e AMAX.
Em março de 2010 sofreu um acidente doméstico, que lhe causou a fratura de algumas costelas, e por conta da falta de cuidados o quadro se agravou, e teve que ser operado.

José Adriano Feitosa trabalhava na equipe do Fútbol Club Miraflores (Cobija, Bolívia). O profissional estava desde quarta-feira (24 de maio) sem aparecer no clube. Os atletas desconfiaram e foram ao apartamento do preparador de goleiros e o encontraram morto.
Notícia enviada pelo jogador Eduardo, do Alto Acre, informa que o preparador de goleiros foi velado no estádio nacional de Cobija.


Colaboraram o pesquisador José Egídio Pereira Lima e o leitor Michael Douglas.


SÚMULAS DAS SEMIFINAIS DO CAMPEONATO BRASILIENSE DE 2017


JOGOS DE IDA

PARACATU 1 x 1 CEILÂNDIA
Data: 20/04/2017
Local: Frei Norberto, Paracatu (MG)
Árbitro: Gildevan Lacerda
Renda: R$ 7.089,00
Público: 439 pagantes
Gols: Badhuga, 56 e Breno, 68
PARACATU: Jordan, Renato, Breno, Humberto e Magal; Léo Cruz (João Lucas), Ademir, Caio Cabecinha e Diego (Diógenis); Cleiton Junior (Taylon) e Carlos Henrique. Técnico: Rubinho.
CEILÂNDIA: Artur, Dudu Lopes, Wallinson, Badhuga e Elivelto; David, Emerson Martins, Alcione e Filipe Cirne (Willian Carioca); Formiga (Gilmar Herê) e Romarinho (Michel Platini). Técnico: Adelson de Almeida.

SOBRADINHO 1 x 2 BRASILIENSE
Data: 20/04/2017
Local: Mané Garrincha, Brasília (DF)
Árbitro: Rafael Diniz
Renda: R$ 1.880,00
Público: 319 pagantes
Gols: Reinaldo, 47; Péricles, 58 e Souza, 90+3
SOBRADINHO: Leonardo, Andrezinho, Léo Torres, Alex e China; Thiago, Péricles (Lucas), Kelvin (Wilker) e Gago; Betinho e Paulo Henrique (Helinho). Técnico: Augusto Pedro de Sousa.
BRASILIENSE: Andrey, Patrick, Wallace, Preto Costa e Gerson; Aldo, Acerola (Luquinhas), Márcio Diogo e Souza; Reinaldo (Peninha) e Nunes. Técnico: Rafael Toledo.

JOGOS DE VOLTA

CEILÂNDIA 2 x 1 PARACATU
Data: 23/04/2017
Local: Abadião, Ceilândia (DF)
Árbitro: Almir Camargo
Renda: R$ 4.040,00
Público: 543 pagantes
Expulsão: Diego Nogueira, do Paracatu. Obs: Diego Nogueira já havia sido substituído quando foi expulso.
Gols: Carlos Henrique, 52 e Romarinho, 62 e 67
CEILÂNDIA: Pedro, Dudu Lopes, Wallinson, Badhuga e Elivelto; Didão, Emerson Martins (Willian Carioca), Alcione e Filipe Cirne (David); Romarinho (Formiga) e Michel Platini. Técnico: Adelson de Almeida.
PARACATU: Jordan, Renato, Breno, Humberto e Magal; Léo Cruz (Diógenis), Caio Cabecinha, Diego Nogueira (Ademir) e Carlos Henrique; Anderson Oliveira e Cleiton Júnior (Taylon). Técnico: Rubinho.

BRASILIENSE 4 x 1 SOBRADINHO
Data: 23/04/2017
Local: Mané Garrincha, Brasília (DF)
Árbitro: Christiano Nascimento
Renda: R$ 4.140,00
Público: 811 pagantes
Expulsão: Nunes, do Brasiliense
Gols: Nunes, 10; Preto Costa, 37; China, 44; Nunes, 63 e Patrick, 90+3
BRASILIENSE: Andrey (Pereira), Patrick, Preto Costa, Wallace e Gerson; Aldo, Márcio Diogo, Gabriel (Peninha) e Souza (Acerola); Reinaldo e Nunes. Técnico: Rafael Toledo.
SOBRADINHO: Leonardo, Andrezinho, Gonzaga, Alex (Lucas) e China; Thiago, Péricles, Gago (Wilker) e Kelvin (João de Deus); Betinho e Paulo Henrique. Técnico: Augusto Pedro de Sousa.


domingo, 28 de maio de 2017

PLACAR DA RODADA: 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série D



LUZIÂNIA 1 x 1 UNIÃO (Rondonópolis-MT)
Data: 27.05.2017
Local: Serra do Lago, Luziânia (GO)
Gols: Edson (União), 57 e Kaká, 63

SINOP-MT 1 x 1 CEILÂNDIA-DF
Data: 28.05.2017
Local: Gigante do Norte, Sinop-MT
Gols: Pedrinho (Sinop), 45+2 e Formiga, 80

CLASSIFICAÇÃO DE MOMENTO

GRUPO A10

CF
CLUBES
J
V
E
D
GF
GC
SG
PG
Aprov.
COMERCIAL-MS
2
1
1
0
3
1
2
4
66,7%
CEILÂNDIA-DF
2
1
1
0
2
1
1
4
66,7%
ANÁPOLIS-GO
2
0
1
1
1
2
-1
1
16,7%
SINOP-MT
2
0
1
1
1
3
-2
1
16,7%

GRUPO A11

CF
CLUBES
J
V
E
D
GF
GC
SG
PG
Aprov.
UNIÃO-Rondonópolis-MT
2
1
1
0
3
1
2
4
66,7%
LUZIÂNIA-DF
2
1
1
0
2
1
1
4
66,7%
APARECIDENSE-GO
2
1
0
1
2
2
0
3
50,0%
SETE DE SETEMBRO-MS
2
0
0
2
1
4
-3
0
0,0%


HÁ 50 ANOS NO FUTEBOL BRASILIENSE: inauguração de estádio em Taguatinga


No dia 28 de maio de 1967 aconteceu a inauguração parcial do Estádio Ruy Rossas Nascimento, do Flamengo, de Taguatinga.
O prefeito Wadjô Gomide esteve presente, cortando a fita simbólica e dando o pontapé inicial do encontro.
Com um público que proporcionou uma renda de quase mil cruzeiros (NCr$ 927,00), Flamengo e Defelê conseguiram agradar aos torcedores, começando melhor o Defelê, mas cedendo depois terreno ao seu adversário, ficando a igualdade de dois gols como o resultado mais junto de um jogo bem disputado.
Buscando a vitória, o Flamengo começou com um ataque e terminou o jogo mudando toda a sua linha ofensiva, além de processar alterações em outras posições.
A contagem foi aberta pelo Defelê, através de Ely, aos vinte minutos do primeiro tempo, enquanto que no segundo foram marcados mais três gols: Toinho e J. Pereira, para o Flamengo, e novamente Ely para o Defelê, sendo os dois últimos tentos assinalados nos acréscimos, em face das interrupções durante a partida.
Rubem Pacheco foi o árbitro da partida e os times formaram assim:
Flamengo: Cláudio, Luiz, Macedo, Itérbio e Miranda (J. Pereira); Luís Carlos e Zoca (Beto Pretti); Ademir (Mendes), Fernando (Jaime), Adão (Toinho) e Serenata (Cabeleira).
Defelê: Walmir, Pedrinho, Lima, Quincas e Wilson; Ely e Sabará (Melro); Santos (Ramiro), Djalma, Invasão (Maurício) e Reinaldo.

Nota: era pretensão da diretoria do Flamengo erguer nesse mesmo local a praça de esportes do clube, com capacidade para 25 mil espectadores, contando ainda com um ginásio moderno com quadras de voleibol e basquetebol.



sábado, 27 de maio de 2017

HÁ 55 ANOS NO FUTEBOL BRASILIENSE: a guerra em Ceres (GO)


Numa época em que viajar pelo interior do Brasil, principalmente na região Centro-Oeste, era uma grande aventura, a cidade de Ceres, no interior de Goiás, distante 281 km de Brasília, recebeu o Colombo, do Núcleo Bandeirante (DF), no dia 27 de maio de 1962, para um amistoso que não foi nada amistoso!
A delegação do Colombo seguiu para Ceres às 12 horas do sábado, dia 26 de maio de 1962, assim constituída: Chefe - Adolfo Rizza; Diretor de Esportes - Pedro Rizza; Técnico - Edward Brandão e os seguintes jogadores: Barbosinha, Sinval, Hélio, Vonges, Nilo, Arlindo, Marinho, Índio, Paulista, Nenén, Cid, Tião I, Tião II, Dedé, Dequinha, Almir, Bill e Joãozinho II.
No dia seguinte, 27 de maio de 1962, o Colombo empatou em 3 x 3 no jogo disputado contra a equipe do Ceres Esporte Clube. Os gols dos locais foram assinalados por Osvaldinho e José (2), enquanto que para os visitantes consignaram Cid (2) e Tião II. No primeiro tempo, o Ceres vencia por 2 x 1.
Formou o Colombo com Sinval, Vonges e Nilo; Marinho, Paulista e Nenén; Tião I, Cid (Almir), Tião II, Índio (Joãozinho) e Dequinha (Joãozinho II). O Ceres Esporte Clube atuou com Juvenal, João e Roberto; Eudo, Odair e Wilson; José, Ari, Nemézio, Osvaldinho e Mamede.
Dirigiu o encontro, com atuação bastante irregular, o árbitro José Francisco de Souza, conhecido popularmente como Zé do Rio.
No dia 31 de maio de 1962, o árbitro deu declaração ao jornal Diário Carioca-Brasília dizendo que a sua atuação na cidade de Ceres não foi das melhores porque evitou, antes de tudo, que a torcida local massacrasse os componentes da delegação do Colombo. Afirmou o árbitro da Federação Desportiva de Brasília que não havia um só policial no campo e a torcida ameaçava a todo instante invadir o campo e revidar os ataques do Colombo com agressões a sua pessoa e aos jogadores visitantes.
Concluindo disse: “Deus me livre se o Colombo fosse o vencedor. Deixaríamos o campo para o hospital mais próximo”.



sexta-feira, 26 de maio de 2017

FORMAÇÕES BÁSICAS DAS EQUIPES QUE PARTICIPARAM DO CAMPEONATO BRASILIENSE DE 1991


BRASÍLIA: Santos (Gildo), Célio (Junior) (Boloni), Cléo (Luiz Fernando), Itiberê (Eduardo) e Cleiton (Nescau); Oliveira (Gerson), Lima (Gilmar) (Edmar) e Ésio (Palhinha) (Alexandre); Tadeu, Rubens Carlos (Ronaldo) e Sidney (Marquinhos) (Bosco).

CEILÂNDIA: Sérgio Luiz (Carlão), Marco Aurélio (Delei) (Tuca), Marcelo Jordão (Mano), Careca (Edson) e Lora (Juscelino) (Amaral); Luciano (Aguinaldo) (Aquino), Beto (Noé) e Josiel (Hudson) (Josias); Tico (Patrick), Zé Márcio (Lula) (Marcelo) e Adão (Magrão).

GAMA: Marco Antônio (Acácio), Chaguinha (Edgar), Ismael (Eduardo), Luciano e Claudinho; Osvaldo, Júlio (Eudes) e Rogério (Mazinho); Wander (Oliveira), Ataliba (Amarildo) e João Paulo (Júlio César).

GUARÁ: Rodolfo (Chaguinha) (Toinho), Waldo (Alcino) (Viana), Sidnei (Edinaldo), Tião (Buda) e Visoto; Touro, Ribamar e Wander (Niltinho); Renaldo, Paulinho (Marcelo) e Miguelzinho.

PLANALTINA: Capucho (Selmício), Laércio (Paulo Henrique), Joel, Alípio (Josimar) e Paulinho; Elton (Rodrigues), Lindário e Carlinhos; Chico (Carlos Gomes), Dida (Helder) e Ivanil (Messias).

SOBRADINHO: Chicão, Roni (Arnaldo), Régis, Wilton e Edinho (Ahlá) (Toninho); Pires, Filó (Beto) (Wellington) e Michael (Roger); Washington, Flávio (Zuza) e Ronaldo (Tatinha).

TAGUATINGA: Cláudio (Elvis), Bilzão, Paulão, Zinha (Jânio) e César (Gilson); Paulo Lima (Dorival), Marquinhos Carioca (Pacheco) e Júlio César; Carlinhos, Joãozinho (Serginho Brasília) e Tuta (Raildo).

TIRADENTES: Wanderley (Edmar), Chiquinho (Márcio Franco), Adson (Rildo), Beto Fuscão (Flávio Negão) e Eron (Gilberto); Zé Nilo (Jorge Luiz), Jarbas (Vicente) e Ivan; Artur (Dário), Bé e Ricardo (Wadi).



quinta-feira, 25 de maio de 2017

CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL FEMININO A-2



GRUPO 2

PARTICIPANTES:


ADECO
ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CENTRO OLÍMPICO
SP
ALIANÇA
ALIANÇA FUTEBOL CLUBE
GO
AMÉRICA
AMÉRICA FUTEBOL CLUBE
MG
BOTAFOGO
BOTAFOGO FUTEBOL CLUBE
PB
CAUCAIA
CAUCAIA ESPORTE CLUBE
CE
CRESSPOM
CLUBE RECREATIVO ESPORTIVO DOS SUBTENENTES E SARGENTOS DA POLÍCIA MILITAR
DF
PORTUGUESA
ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE DESPORTOS
SP
UDA
UNIÃO DESPORTIVA ALAGOANA
AL

RESULTADOS DAS TRÊS PRIMEIRAS RODADAS

10.05.2017
ADECO-SP 1 x 1 PORTUGUESA-SP
11.05.2017
CRESSPOM-DF 3 x 1 UDA-AL
BOTAFOGO-PB 0 x 2 ALIANÇA-GO
13.05.2017
CAUCAIA-CE 3 x 2 AMÉRICA-MG

17.05.2017
PORTUGUESA-SP 3 x 2 CAUCAIA-CE
UDA-AL 1 x 0 BOTAFOGO-PB
ALIANÇA-GO 0 x 1 CRESSPOM-DF
AMÉRICA-MG 2 x 0 ADECO-SP

24.05.2017
ADECO-SP 2 x 0 CAUCAIA-CE
BOTAFOGO-PB 0 x 3 CRESSPOM-DF
AMÉRICA-MG 0 x 2 PORTUGUESA-SP
25.05.2017
ALIANÇA-GO x UDA-AL

CLASSIFICAÇÃO DE MOMENTO

CF
CLUBES
J
V
E
D
GF
GC
SG
PG
Aprov.
CRESSPOM-DF
3
3
0
0
7
1
6
9
100,0%
PORTUGUESA-SP
3
2
1
0
6
3
3
7
77,8%
ADECO-SP
3
1
1
1
3
3
0
4
44,4%
ALIANÇA-GO
2
1
0
1
2
1
1
3
50,0%
AMÉRICA-MG
3
1
0
2
4
5
-1
3
33,3%
UDA-AL
2
1
0
1
2
3
-1
3
50,0%
CAUCAIA-CE
3
1
0
2
5
7
-2
3
33,3%
BOTAFOGO-PB
3
0
0
3
0
6
-6
0
0,0%