Total de visualizações de página

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

OS ARTILHEIROS: Campeonato Brasiliense de 1963


Ceninho

1º - Ceninho (Cruzeiro do Sul), 10 gols;
2º - Beto Pretti (Cruzeiro do Sul) e Nilson (Nacional), 9;
3º - Arnaldo (Rabello), Zezito (Nacional) e Lula (Guanabara), 7;
4º - Manuelzinho (Defelê), Tião I e Tião II (Colombo), Sabará e Lindemberg (Rabello) e Quarteroli (Cruzeiro do Sul), 6;
5º - Vitinho (Defelê), Parada (Grêmio) e Farneze (Guanabara), 5;
6º - Mauro Viegas (Defelê), Índio e Clemente (Guará) e Nobre (Grêmio), 4;
7º - Ely e Alaor Capella (Defelê), Cid e Barretinho (Colombo), Nilo, Edgard e Joãozinho (Rabello), Sérgio (Grêmio), Delém (Alvorada), João e Ferreira (Nacional), Zezito e Raimundinho (Cruzeiro do Sul), Barbosinha e Jair (Guanabara), 3;
8º - Invasão e Bawani (Defelê), Heleno, Contrate e Pelé (Guará), Marcelo, João Dutra e Almir (Colombo), Délio (Rabello), Zé Olindo (Grêmio), Azulinho e Moacir (Alvorada), Naelson (Nacional), Zezé (Cruzeiro do Sul) e Nilson (Guanabara), 2;
9º - Chagas-contra, Amaury-contra, Zé Paulo e Zequinha (Defelê), Lúcio, Zeca, Eluff, Múcio, Zezito e Roldão (Guará), Farneze-contra (Colombo), Léo, Enes, Calado, Julinho-contra, Hélio-contra e Ramiro (Rabello), Alemão, João, Edson Galdino, Tomazine-contra e Edilson Braga-contra (Grêmio), Baiano e Almir (Alvorada), Manoel, Zezão, Valdir e Martelo (Nacional), Brun-contra, Omar, Paulo Reis, Ceará, Guido-contra e Farneze-contra (Cruzeiro do Sul) e Walfredo, Valter e Agassis (Guanabara), 1.


Nenhum comentário:

Postar um comentário