Total de visualizações de página

segunda-feira, 6 de março de 2017

FORMAÇÕES BÁSICAS DAS EQUIPES QUE DISPUTARAM O CAMPEONATO BRASILIENSE DE 1980




Obs.:
Quando o jogador disputou muito mais jogos que seu companheiro de posição, não aparecerá o nome do segundo jogador.
Quando aconteceu maior revezamento na posição, colocamos os nomes dos dois jogadores.
Nos casos em que os times foram treinados por mais de um técnico, colocamos o nome daquele que mais dirigiu as equipes.

BRASÍLIA
Déo, Luizinho (Ricardo), Mário, Jonas Foca e Zé Mário; Alencar, Rogério Macedo (Marquinhos) e Wander (Moreirinha); Willians, Albeneir e Aloísio. Técnico: Bugue. 

CEILÂNDIA
Edson (Carlos), Toninho (Moreira), Arlício (Dão), Renilton (Luciano) e Teixeira; Adilson, Marquinhos (Lelé) e Zé Vieira; Messias (Paulinho), Risadinha e Zé Carlos. Técnico: Chicão. 

COMERCIAL
Selmício (Wilmar Gato), Newton, Gilberto (Juscelino), Manoel Silva e Rodrigues (Cosme); Neto, Eduir e Nicácio; Nidion (Mário César), Dionísio e Paulo (Magela) Técnico: Manoel Cajueiro. 

DESPORTIVA BANDEIRANTE
Luisão, Araújo (Zé Wilson), Passarela, Vieira e Déo; Paulinho (Edmundo), China e Palhinha; Geraldo (João Leite), Mota e Esquerdinha (Osmar). Técnico: Jaime Francisco.

GAMA
Hélio, Carlão, Décio (Junior), Kidão e Odair (Nego); Santana (Jairo), Boni (Luís Carlos) e Manoel Ferreira; Lino, Fantato e Robertinho. Técnico: Airton Nogueira.

GUARÁ
Adriano, Edvaldo, Luiz Fernando, Rafael e Zenildo (Maia); Barão, Elmo (Marquinhos) e Jânio (Cleiton); Ivonildo, Gilberto (Sérgio Santos) e Éder Antunes. Técnico: Alaor Capella.

SOBRADINHO
Jaidan, Marcos, Remo, Roberto e Serginho; Renê, Júlio e Dino; Jansen (Toni), Arildo (Morais) e Tico (Quincas). Técnico: Carlos José. 

TAGUATINGA
Jonas, Aldair, Duda (Walter), Mauro e Geraldo Galvão; Warlan, Eusébio (Lobão) e Peba; Wilton, Piau e Valdean (Careca). Técnico: Carlos Morales.

TIRADENTES
Lúcio (Jailson), Joãozinho (Osmar), Geraldo, Nonato e Anselmo (Lourenço); Aquino (Edmar), Messias (Careca) e Luís Vieira (Maurício); Dedinho, Renato César e Vicente Biônico. Técnico: Léo Carlos Costa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário