Total de visualizações de página

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

ESTATÍSTICAS DO CAMPEONATO BRASILIENSE DE 2006




CLUBES PARTICIPANTES: 10.
JOGOS REALIZADOS: 52.
GOLS ASSINALADOS: 154.
MÉDIA DE GOLS POR JOGO: 2,9.
MELHOR ATAQUE DO CAMPEONATO: Brasiliense, 29 gols a favor.
PIOR ATAQUE DO CAMPEONATO: Guará, 5 gols em 8 jogos.
MELHOR DEFESA DO CAMPEONATO: Brasiliense, 9 gols contra em 14 jogos.
PIOR DEFESA DO CAMPEONATO: Guará, com 26 gols em 8 jogos.
MELHOR SALDO DE GOLS: Brasiliense, com 20.
MAIOR NÚMERO DE VITÓRIAS: Brasiliense, 11 em 14 jogos.
MENOR NÚMERO DE VITÓRIAS: Capital e CFZ, 0 em 8 jogos.
MENOR NÚMERO DE DERROTAS: Brasiliense, uma derrota em 14 jogos.
MAIOR NÚMERO DE DERROTAS: Guará, 7 em 8 jogos.
MELHOR ÍNDICE DE APROVEITAMENTO: Brasiliense, com 83,3%.
PIOR ÍNDICE DE APROVEITAMENTO: Guará, com 12,5%.
MAIOR GOLEADA DO CAMPEONATO: 26.02.2006, Ceilândia 8 x 2 Guará.
JOGO COM MAIOR NÚMERO DE GOLS MARCADOS: o mesmo.

PRINCIPAIS ARTILHEIROS

Jonhes

1º - Jonhes (Ceilândia), 8 gols;
2º - Joãozinho (Brasiliense), 7;
3º - Augusto (Brasiliense), Reinaldo (Ceilândia) e Léo Guerreiro (Paranoá), 5; e
4º - Michel (Dom Pedro II) e Victor, Rodriguinho e Canela (Gama), 4 gols.


ÁRBITROS QUE MAIS ATUARAM

Sandro Meira Ricci só apitou um jogo

1º - Mauro Martins, Sérgio Santos e Wilton Pereira Sampaio, 4 jogos;
2º - Ademar Canuto de Macedo, Alexandre Andrade, Divino Enes, Jamir Carlos Garcez, José Caldas, Raimundo Lopo, Renato Acioli e Sérgio Carvalho, 3;
3º - Adriano Menezes, Almir Camargo, Aridelson Almeida, Giuliano Bozzano, Nivaldo Nunes e Rogério Bueno, 2; e
4º - Anderson Bassotto, Iedo Souza, Lindomar Pereira e Sandro Meira Ricci, um jogo.


ESTÁDIOS UTILIZADOS

Mané Garrincha, o primeiro, com 9 jogos

2º - Serejão, 8;
3º - Serra do Lago, CAVE e Abadião, 7;
4º - Urbano Adjuto, 4;
5º - Chapadinha e Metropolitana, 3; e
6º - Adonir Guimarães e JK, dois jogos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário