Total de visualizações de página

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

HÁ 50 ANOS NO FUTEBOL BRASILIENSE: o Flamengo em Brasília



O Torneio “Hugo Mósca” (em homenagem ao presidente da Federação Desportiva de Brasília) reuniu Defelê e Rabello, de Brasília, e o Flamengo, do Rio de Janeiro.
No dia 15 de fevereiro de 1967, num Electra da Varig, o Flamengo desembarcou em Brasília. A delegação de 18 jogadores se hospedou no Hotel Imperial e realizou leves treinos no campo do Minas-Brasília Tênis Clube.
A delegação do Defelê ficou concentrada no Clube dos Funcionários, de onde partiu para o estádio minutos antes do jogo.

No dia 16 de fevereiro, no Estádio de Brasília, o Flamengo goleou o Defelê por 4 x 0.
O jogo marcou a estreia de Ademar Pantera no Flamengo. Ele teve atuação regular e não marcou gol.
Carlinhos
O primeiro gol do Flamengo liquidou com as possíveis esperanças do Defelê em dificultar o jogo para o rubro-negro carioca, tal a rapidez e o impacto que causou a seus defensores. O gol nasceu a meio minuto de jogo, logo após o Flamengo ter dado a saída, quando Carlinhos penetrou e centrou para Fio, que, após matar no peito, em linda jogada, esperou a saída do goleiro Tonho para encobri-lo e mandar a bola às redes.
Com o Flamengo dominando inteiramente as ações, surgiu nova vantagem aos 22 minutos, por intermédio de Américo, que atirou violentamente para o fundo das redes, aproveitando um bom passe de Carlinhos.

Invasão
No segundo tempo, quando ambas as equipes fizeram várias substituições, o Defelê teve uma grande oportunidade de marcar um gol: Invasão atirou na trave, aos dez minutos.
Paulo Chôco marcou o terceiro gol do Flamengo aos 29 minutos, em boa jogada de Osvaldo, que, logo a seguir, atirou uma bola na trave do Defelê.
Aos 36 minutos Pedrinho fixou a vantagem na justa vitória do Flamengo, que teve pela frente um adversário que lutou muito e que jogou na base da correria.
Carlinhos teve brilhante desempenho e, aos 34 minutos do tempo final, quando deixou o campo, foi aplaudido efusivamente.
Da renda de Cr$ 8 milhões e 120 mil, o Flamengo levou Cr$ 6 milhões, ficando os organizadores do jogo com prejuízo.

Defelê 0 x 4 Flamengo (GB)
Data: 16 de fevereiro de 1967
Local: Estádio de Brasília
Árbitro: Gualter Portela Filho (GB)
Renda: NCr$ 8.125,00 (obs.: com grande público)
Gols: Fio, 30 segundos; Américo, 22; Paulo Choco, 74 e Pedrinho, 81. 
DEFELÊ: Tonho, Bugue, Décio, Farneze e Wilson Godinho; Ely e Gaúcho; Guairacá (Djalma), Maurício, Invasão (Solon) e Cabeleira (Reinaldo). Técnico: Alaor Capella.
FLAMENGO: Marco Aurélio, Leon, Jaime (Gilson), Ditão e Paulo Henrique; Américo e Carlinhos (Jarbas); Clair (Pedrinho), Ademar Pantera, Fio (Paulo Choco) e Rodrigues Neto (Osvaldo). Técnico: Renganeschi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário