Total de visualizações de página

domingo, 26 de março de 2017

A PRIMEIRA VEZ A GENTE NÃO ESQUECE: Grêmio Brasiliense



O Grêmio Esportivo Brasiliense foi fundado em 1958 e reconstituído administrativamente em 26 de março de 1959, em Brasília (DF).
Foi criado com a finalidade de proporcionar divertimento ao pessoal do Acampamento da Metropolitana, em sua grande maioria formado por funcionários do DVO – Departamento de Viação e Obras da NOVACAP, cujo Engenheiro-Chefe era Vasco Viana de Andrade, que mais tarde daria seu nome para o estádio do Grêmio.
O Grêmio filiou-se à Federação Desportiva de Brasília na reunião do dia 1º de abril de 1959.

A PRIMEIRA DIRETORIA

A reunião que aprovou os estatutos do Grêmio e elegeu sua primeira diretoria aconteceu na residência de Moacyr Soares de Souza, situada na Avenida Central, Núcleo Bandeirante, no dia 6 de agosto de 1959. Ficou assim constituída a primeira diretoria do Grêmio Esportivo Brasiliense: Presidente – Moacyr de Miranda Gomes; Vice-Presidente – José Porto Sobrinho; 1º Secretário – Armando Barreto; Diretor Social – Carlos Frederico do Amaral; 1º Tesoureiro – Paulo Pimenta Guimarães; 2º Secretário – Waldomiro Veiga; Diretor Esportivo – Moacyr Soares de Sousa e Diretor Técnico – José Jorge de Mello.

O PRIMEIRO JOGO OFICIAL

A estreia do Grêmio no Campeonato Brasiliense foi no dia 31 de maio de 1959, vencendo a Associação Desportiva de Taguatinga, por 3 x 0.

O PRIMEIRO GRITO DE É CAMPEÃO!

O campeonato brasiliense de 1959 teve início no dia 31 de maio, com os 19 clubes inscritos sendo divididos em duas chaves: Zona Sul e Zona Norte. O Grêmio fez parte da Zona Sul, juntamente com Taguatinga, IPASE, EBE, Expansão, A. A. Bancária (IAPB), Guará, Brasil e Brasil Central.
Conforme estabelecido no regulamento, os clubes jogariam dentro de suas respectivas zonas, em turno e returno, com os vencedores decidindo, numa série “melhor-de-três”, o título de campeão da cidade.
Com o decorrer dos jogos muitos clubes desistiram de continuar na competição.
O favorito para a conquista do título da Zona Sul e também do campeonato era o Guará. Grêmio e Guará lideraram, lado a lado, o campeonato da Zona Sul até a última rodada, disputada no dia 25 de outubro de 1959, quando, para surpresa de todos, aconteceu empate entre as equipes do Guará e da EBE, pela contagem de 2 x 2. Com isso, o Guará somou mais um ponto perdido (totalizando quatro), deixando que o Grêmio alcançasse o título de campeão da Zona Sul. 

Assim, o Esporte Clube Planalto, já qualificado como campeão da Zona Norte, decidiria com o Grêmio o título máximo do futebol de Brasília numa série “melhor-de-três”.
As partidas foram truncadas, acidentadas, com muitas expulsões, mas também tiveram desenrolar empolgante, graças ao espírito de luta com que se apresentaram os 22 elementos em campo.
Na primeira, no dia 8 de novembro, em seu campo, o Grêmio venceu por 4 x 2. Na segunda, uma semana depois, empate em 3 x 3. Na última, em 22 de novembro, um gol de Carlinhos, aos 26 minutos do 2º tempo, deu a vitória de 1 x 0 e o título ao Grêmio.
Defenderam o Grêmio nas três últimas partidas do campeonato os seguintes jogadores: Bosco, Amauri e Hugo; Remis (José), Alemão e Ralph; Carlinhos (Nilo II), Nilo, Jair, Eluff e Roberto (Nobre). O técnico foi Rubens Porfírio era irmão do General Porfírio da Paz, que chegou a ser Governador de São Paulo e foi um dos fundadores do São Paulo Futebol Clube.

Obs.: A Federação Desportiva de Brasília passou um bom tempo sem querer reconhecer esse título do Grêmio. Alegava a entidade que o campeonato foi realizado antes da inauguração de Brasília.

O PRIMEIRO AMISTOSO INTERESTADUAL

Poucos dias antes da inauguração de Brasília (que aconteceria em 21 de abril de 1960), o Bangu, do Rio de Janeiro, visitou a futura Capital Federal, aqui realizando dois jogos amistosos.
No dia 2 de abril dde 1960, venceu o Guará por 4 x 0 e, no dia seguinte, derrotou o Grêmio Brasiliense por 3 x 0.

GRÊMIO 0 x 3 BANGU
Data: 3 de abril de 1960
Local: Estádio Israel Pinheiro, Brasília (DF)
Gols: Luís Carlos, 40; Beto, 73 e Hélcio Jacaré, 89
GRÊMIO: Bosco, Pedersoli e Hugo; Remis, Alemão e Ralph; Édson, Sabará, Carlinhos, Mambaquinha e Reinaldo.
BANGU: Djalma, Joel e Mário Tito; Zózimo, Ananias e Alcides (Hélcio Jacaré); Aloísio, Luís Carlos, Vermelho, Valter e Beto. Técnico: Tim.

A PRIMEIRA VEZ NA LOTERIA ESPORTIVA

Em 1970, a Loteria Esportiva tinha acabado de ser lançada.
No concurso teste nº 27, dos dias 5 e 6 de dezembro de 1970, o jogo número 10 reuniu Colombo x Grêmio.
No dia 6 de dezembro de 1970, jogando contra o Colombo, do Núcleo Bandeirante, o Grêmio venceu por 1 x 0, dando coluna 2.

Nenhum comentário:

Postar um comentário