Total de visualizações de página

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

AS SELEÇÕES DE BRASÍLIA: DUAS DERROTAS PARA O TREZE, DE CAMPINA GRANDE



Embarque da delegação do Treze para Brasília.


Nos dias 10 e 13 de setembro de 1964, o Treze, de Campina Grande (PB), esteve em Brasília para disputar dois amistosos. Era a primeira vez que um clube paraibano visitava a nova capital do Brasil.
Quando aqui chegou, encontrou o futebol do Distrito Federal dividido em duas categorias: amador e profissional.
Assim, foram formadas duas seleções dessas categorias para enfrentar o Treze.
A Comissão Organizadora da Seleção de Amadores foi assim formada:
Presidente: Gedeon Rodrigues Pereira; Coordenadores: Theodorico Barbosa Fernandes e João Dias da Costa; Técnico: Nelson Marabuto e Massagista: Juan Valdez Herrera.
Os convocados foram:
Cruzeiro do Sul: Zé Paulo, Pedersoli, Zezito, Baianinho e Zezé;
Dínamo: Sarmento, Benicassa, Malta, Lúcio, Goiano e Isaías;
Nacional: Chico, Logodô, Zezão e Alemão;
Guanabara: Agassis, Ercy, Zezé e Azulinho;
Vila Matias: Jaime e Etevaldo;
Grêmio: Joãozinho e Bugue; e
Pederneiras: Cotia.

No dia 10 de setembro de 1964, no Estádio Ciro Machado do Espírito Santo, o Treze venceu a Seleção Amadora do Distrito Federal, por 2 x 1. Zezito marcou para a Seleção do DF e Ibiapino e Braga assinalaram os gols da vitória do Treze.
O árbitro foi Jorge Cardoso e as equipes formaram assim:
SELEÇÃO DO DF: Chico, Alberto, Malta, Lúcio e Pedersoli; Bugue (Zezito) e Ercy; Baianinho, Goiano, Lula (Nelício) e Nilson (Isaías). Técnico: Nelson Marabuto.
TREZE: Galego, Braga, Tomires (Salvador), Fraga e Manuelzão; Ibiapino e Vadu (Adilson); Martinho, Déo (Miruca), Targino e Lelé. Técnico: Janos Tatrai.
Três dias depois, 13 de setembro de 1964, no mesmo Estádio Ciro Machado do Espírito Santo, muita gente achava que a seleção de profissionais poderia conseguir um melhor resultado do que o alcançado pelos amadores.
Mas não foi bem isso que aconteceu: a derrota dos brasilienses foi ainda maior: 3 x 0. Braga, cobrando pênalti, Martinho e Lelé fizeram os gols do Treze.
Sob a arbitragem de Emílio dos Santos Vieira, os dois times atuaram assim:
SELEÇÃO DO DF: Gaguinho, Aderbal, Bimba, Sir Peres e Wilson Godinho; João Dutra (Fernando) e Walter Moreira; Sabará (Paulista), Invasão (Tião I), Alaor Capella e Arnaldo.
TREZE: Galego (Apinagés), Braga, Tomires, Salvador e Fraga (Manuelzão); Adilson e Vadu; Ibiapino (Miruca), Targino (Adeildo), Martinho e Déo (Lelé). Técnico: Janos Tatrai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário